← Conversa Geral

Vendas para o estrangeiro e facturação

Lida 4844 vezes

Offline

=IceBurn= 
Membro
Mensagens 897 Gostos 3
Feedback +3

Troféus totais: 32
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Level 6 Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Poll Starter Level 5

Boas!
Estou a desenvolver uma loja online para um cliente.
Essa loja vai vender artigos físicos, nada de downloads, praticamente está
tudo pronto, mas há um pequeno promenor que nem o cliente nem eu sei
como fazer....

O que se passa é que não sei como é que hei-de resolver o problema dos números de contribuinte para a emissão das facturas da loja para encomendas internacionais.

Ou seja, claro que em Portugal temos o número de Contribuinte, mas noutros países o nosso número de contribuinte nada tem a ver com o deles.

Não só em termos de sequencia de algarismos e caracteres utilizados mas tambem no nome como este número é designado. Assim, o Número de Contribuinte certamente não se chama Número de Contribuinte no Brasil por exemplo.

Por outro lado, a loja já está em 2 idiomas, o Portugês e o Inglês e tambem não se pode adivinhar o que é o Número de Contribuinte para os compradores de outros países para fazer a tradução, pelo menos não é viável.

Portanto a minha questão é a seguinte:
-É necessário o número de contribuinte (ou "whatever") dos clientes de países estrangeiros?
Ou
-Existe alguma legislatura que clarifique esta situação?

Obrigado desde já.
Offline

ruicruz 
Membro
Mensagens 1105 Gostos 0
Feedback +1

Troféus totais: 32
Trófeus: (Ver todos)
Apple User Level 6 Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Poll Starter Level 5 Level 4 Level 3

- Sim, chama-se VAT Number na maioria dos países
- Desconheço, mas o que conheço é: um recibo verde tem todo o conteúdo legal neste país. se não for aceite no país de destino, e previno-te que pode acontecer, tens que usar um software de gestão de clientes ou facturação e vais ás finanças e declaras que usas o software X (estive para fazer isso mas não fiz, porque um recibo verde meu foi aceite num cliente em frança, por isso não te sei guiar por aí).

Neste último ponto só soube isto quando falei com o chefe das finanças, que a mulher que lá estava não percebia um cu. Se disserem que não dá, pede para falar com a chefia.


SL
Offline

=IceBurn= 
Membro
Mensagens 897 Gostos 3
Feedback +3

Troféus totais: 32
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Level 6 Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Poll Starter Level 5

Obrigado SlAiD.

Pois, é que eu já tinha andado a pesquisar sobre este assunto na net e não encontrei a informação pretendida.

Penso que o recibo verde está fora de questão, porque a empresa já existe e obviamente está legal, só que agora decidiu começar a vender para o estrangeiro os mesmos artigos mas através da venda online.
Eles querem continuar a emitir as facturas normalmente como tem feito até aqui, mas entretanto surgiu este pormenor da facturação e do número de contribuinte, até fui eu que alertei para esta situação.

Sendo assim, vou aconselhar o cliente a fazer isso que informar-se sobre esse ponto que referiste da utilização de software.

Mais uma vez, obrigado pela informação.
Offline

ruicruz 
Membro
Mensagens 1105 Gostos 0
Feedback +1

Troféus totais: 32
Trófeus: (Ver todos)
Apple User Level 6 Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Poll Starter Level 5 Level 4 Level 3

Estive a falar com o meu patrão que já fez isso.

Segundo ele, na maioria dos casos, tem que se fazer apenas a menção da isenção do IVA na factura e mais nada.
E a factura (pode) ir em inglês.


SL
Offline

=IceBurn= 
Membro
Mensagens 897 Gostos 3
Feedback +3

Troféus totais: 32
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Level 6 Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Poll Starter Level 5

Isso quer dizer que pode prescindir-se do número de contribuinte do cliente para a emissão de facturas a nível Internacional?
Offline

ruicruz 
Membro
Mensagens 1105 Gostos 0
Feedback +1

Troféus totais: 32
Trófeus: (Ver todos)
Apple User Level 6 Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Poll Starter Level 5 Level 4 Level 3

Já não sei. A única empresa para a qual vendemos é dos USA e tem um VAT Number e essa não "precisa" de factura, "pede" factura, lol.


SL
Offline

Santo 
Membro
Mensagens 1657 Gostos 4
Troféus totais: 31
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2

PAra vender para paises da União Europeia tens o acordo da dupla-tributação, um acordo que prevê que se pagas IVA a um pais, podes recupera-lo no outro.

Qualquer venda que faças seja na EU seja para fora tem obrigatóriamente de pagar imposto no acto da venda, isto de acordo com a lei.

Depois o cliente pode recuperar ou não o imposto.

Eu se fosse a ti consultava um contabilista...

Saudações
Offline

swing 
Membro
Mensagens 3120 Gostos 39
Feedback +13

Troféus totais: 31
Trófeus: (Ver todos)
Level 6 Linux User Mobile User Windows User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 5 Level 4

Aproveitando o tópico, gostaria de saber se no caso de venda/prestação de serviços esporádicos para clientes de espanha por ex, qual é o procedimento no caso de não ser empresa? Um recibo verde, serve?
O contribuinte/DNI em espanha normalmente são 8 dígitos e uma letra.. ao passar um recibo verde será que aceita?
Offline

webistica 
Membro
Mensagens 7 Gostos 0
Troféus totais: 17
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Level 3 Level 2 Level 1 First Post Signature Karma Webmaster

Sim, aceita.
Offline

kurtmix 
Membro
Mensagens 1894 Gostos 600
Feedback +4

Troféus totais: 25
Trófeus: (Ver todos)
Seventh year Anniversary Search Level 5 Windows User Super Combination Combination Topic Starter Level 4 Level 3 Level 2

PAra vender para paises da União Europeia tens o acordo da dupla-tributação, um acordo que prevê que se pagas IVA a um pais, podes recupera-lo no outro.

Qualquer venda que faças seja na EU seja para fora tem obrigatóriamente de pagar imposto no acto da venda, isto de acordo com a lei.

Depois o cliente pode recuperar ou não o imposto.

Eu se fosse a ti consultava um contabilista...

Saudações

Isso é uma coisa a ter em conta sempre!!!