← Negócios Online

Loja online

Lida 820 vezes

Offline

Diogo#Rodrigues 
Membro
Mensagens 0 Gostos 0
Troféus totais: 3
Trófeus: (Ver todos)
Level 1 Second year Anniversary One year Anniversary

Boa tarde,

estou a desenvolver um projeto que consiste na venda de cervejas artesanais (numa primeira fase). Depois consoante o sucesso do projeto, pretendo adicionar outros produtos ligados a uma produção mais artesanal.
Já contactei várias marcas portuguesas para me disponibilizarem os seus produtos e está tudo encaminhado.
Basicamente pretendo criar uma loja online, assim como vender por catálogo. Isto será uma atividade que irei manter paralelamente à minha atividade profissional.
Em termos legais, é necessária algum licença especial para vender produtos com álcool, ou isso está assegurado pelas marcas que vou vender?
Para me legalizar, basta abrir atividade nas finanças, ou existe outros procedimentos para que eu posso iniciar as compras e vendas das cervejas?
E por fim, a loja online será legalizada à parte, correto?

Com os melhores cumprimentos,
Diogo Rodrigues.
Offline

kurtmix 
Membro
Mensagens 1895 Gostos 605
Feedback +4

Troféus totais: 28
Trófeus: (Ver todos)
Tenth year Anniversary Nineth year Anniversary Eighth year Anniversary Seventh year Anniversary Search Level 5 Windows User Super Combination Combination Topic Starter

Primeiro que tudo é melhor contactar um contabilista e expor a situação. Tendo depois as informações de como proceder, a loja online pode servir como meio complementar de vendas e para isso não precisa de muita burocracia adicional. Sendo ciente da proíbição de venda de álcool a menores, é necessário certificar que identifica a idade da pessoa que compra, cuidado com isso! Também convém ter atenção que a cerveja artesanal tem que passar por controlo de qualidade, mas se for de uma marca já certificada isso já o fizeram eles. Outro ponto importante é a venda para o estrangeiro, o tráfego internacional de bebidas alcoólicas está sujeito a normas espefificas que convém conhecer para respeitar e não ter dissabores.
A ideia é boa e o mercado é amplo! Força nisso