← Projectos

Novo projeto WebGest - Gestao a pensar em si

Lida 2394 vezes

Offline

UnderSiege 
Membro
Mensagens 248 Gostos 11
Feedback +1

Troféus totais: 21
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 3 Level 2 Level 1

Boa tarde caros membros

Venho apresentar o meu projeto. Somos uma equipa de pessoas novas, que quer melhorar a sua vida online e a nossa carreira.

Se tem uma loja online, ou varias e nao tem tempo para apoio ao cliente, processamento de emcomendas, gestao de stocks, fale connosco.
Trabalhamos do seguinte modo:
A pagina continua inteiramente sua;
Fazemos a gerencia da pagina, apoio ao cliente, investimento marketing;
Recebemos 40€ por mês mais 10% das vendas, nos primeiros 3 meses;
Após periodo de 3 meses, se tivermos faturado ao longo desse tempo 150% da sua ultima faturaçao trimestral (ou objetivo a combinar) passaremos a receber 95€/mes mais 20% da faturaçao;
Processamento de negocio é dropshipping (nao precisa de deter stock, tendo lucro direto), ou gerimos mediante o stock ou tipo de negocio.


Resumindo:
Somos funcionarios que recebemos um valor minimo mensal, mais 10%, valor minimo que visa aumentar a motivação da equipa que giro.

O 1º mes, paga apenas no fim, caso nao tenhamos feito 40€ em vendas no primeiro mes, paga apenas 10% do que vendermos
Sendo assim esta protegido de obter qualquer prejuizo ao aceitar esta proposta

A proposta esta encima da mesa.

Agora precisamos e saber se gosta de ganhar dinheiro ou não.

Contacte: webgestpt@gmail.com

WebGest
Offline

AlexandrePaulo 
Membro
Mensagens 360 Gostos 42
Feedback +3

Troféus totais: 24
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Poll Starter Level 4 Level 3 Level 2 Level 1 100 Posts

Algumas críticas construtivas sobre esta proposta, pois é mesmo para isso que serve este fórum:

- propões-te gerir lojas online, mas o vosso site não funciona / não existe (http://www.webgest.pt, .com e .net => "site não encontrado")
- tens um email "@gmail.com", quando quem gere sites deveria ter um domínio próprio
- um profissional na área que te propões ser não pode dar tantos erros ortográficos como os que deste neste post
- uma pesquisa por "webgest" ou "webgest portugal" no Google não dá qualquer resultado relevante para esse suposto projeto

... e, finalmente, queres receber entre 40 EUR + 10% e 95 EUR + 20% por mês, o que é bem mais que a margem comercial da maioria dos negócios comerciais.


Sugestão construtiva:
- demonstra um mínimo de seriedade e profissionalistmo.
Offline

UnderSiege 
Membro
Mensagens 248 Gostos 11
Feedback +1

Troféus totais: 21
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 3 Level 2 Level 1

Ola, desde já um muito obrigado pela sua resposta. Ukltimamente tenho acompanhado o forum e ve-lo a comentar algo meu nao deixa de ser positivo.
Isto foi apenas uma ideia que me surgiu enquanto escrevia, e por estar no tablet dei tantos erros. Como sugeri somos malta nova, nao estamos ca para enganar ninguem e dei desde ja a entender que nao somos profissionais.
Estamos a criar o nosso proprio negocio, dentro de um mes, se tudo correr bem lançaremos campanha crowdfunding para iniciar um segundo projeto.
Este "terceiro" projeto surge da vontade de aprendermos mais neste ramo, daí dizermos que caso nao atingissemos 40€ de lucro nao iriamos cobrar esse montante mas sim apenas 10% do que conseguissemos, de modo a proteger o nosso cliente.
Muito obrigado mais uma veze e aguardo resposta de modo a compreender mais a cerca desta materia, deste mundo.
Como frequentador assiduo deste forum estou ca para aprender e levei estas criticas de muito bom grado
Um bem haja e aguardo pela resposta
Offline

UnderSiege 
Membro
Mensagens 248 Gostos 11
Feedback +1

Troféus totais: 21
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 3 Level 2 Level 1

Algumas críticas construtivas sobre esta proposta, pois é mesmo para isso que serve este fórum:

- propões-te gerir lojas online, mas o vosso site não funciona / não existe (http://www.webgest.pt, .com e .net => "site não encontrado")
- tens um email "@gmail.com", quando quem gere sites deveria ter um domínio próprio
- um profissional na área que te propões ser não pode dar tantos erros ortográficos como os que deste neste post
- uma pesquisa por "webgest" ou "webgest portugal" no Google não dá qualquer resultado relevante para esse suposto projeto

... e, finalmente, queres receber entre 40 EUR + 10% e 95 EUR + 20% por mês, o que é bem mais que a margem comercial da maioria dos negócios comerciais.


Sugestão construtiva:
- demonstra um mínimo de seriedade e profissionalistmo.


Rsposta acima. Bem haja
Offline

kurtmix 
Membro
Mensagens 1895 Gostos 605
Feedback +4

Troféus totais: 28
Trófeus: (Ver todos)
Tenth year Anniversary Nineth year Anniversary Eighth year Anniversary Seventh year Anniversary Search Level 5 Windows User Super Combination Combination Topic Starter

Vou-te dar o meu ponto de vista relativo a este assunto.
Quando pretendemos prestar um serviço devemos colocar-nos na posição do cliente para entender o que ele vai achar bem e o que vai achar mal. Como cliente de um serviço desses, pensaria muuuuuito antes de colocar o meu negócio nas mãos de desconhecidos. Outro ponto é a margem pedida, no mercado competitivo atual há lojas online a ganhar margens de 5%, como podem pagar 10% se apenas lucram 5%? Deves ter em conta que se a loja fatura pouco, o montante vai pesar muito nas despesas, sendo que ao faturar pouco também dá pouco trabalho gerir a loja, não sendo necessário o serviço na maioria dos casos; por outro lado, que fature bastante já tem funcionário(s) contratados internamente na empresa para essa função.
O que eu recomendaria tendo em conta a tua vontade de trabalhar seria escolher uma destas hipóteses:
1- Criar a vossa própria loja dropshiping ou caso tenham dinheiro para investir, uma loja online de venda direta (sempre de forma legal porque a ASAE está a reforçar a fiscalização de vendas online e se não cumprem a lei na totalidade pode acarretar muitos problemas.

2- Criar lojas online para quem não as tem e geri-las. Podem começar na vossa zona, abordar os donos de lojas e apresentar a proposta de criação de uma loja online oferecendo a possibilidade de uma percentagem das vendas ou uma mensalidade fixa. Essa seria uma boa aposta, porque há muitos comerciantes que não sabem usar a web, nem tem meios para criar/manter uma loja online e com um investimento baixo são muitas vezes receptivos a tentar aumentar as vendas com esse serviço. Eu tinha uma pessoa a tratar da gestão, recebia-mos as encomendas, imprimia-mos os dados e passava-mos ao lojista para que este fizesse o envio ou preparação para que o cliente fizesse a recolha na loja.
Eu já forneci esse serviço a cerca de 20 lojistas, mais tarde por falta de tempo passei o negócio para um amigo que continua a fazer esse trabalho e tem crescido muito. Basicamente quando era eu a fornecer o serviço, cobrava um montante médio de 100€ para despesas de criação da loja e 5% do valor das vendas feitas pelo site mensalmente. Tinha dois clientes que faturavam só por eles mais que os restantes todos juntos e só não continuei com o negócio porque tinha outros mais rentáveis e menos trabalhosos. Inicialmente a criação da loja, com fotos, criação de listas de produtos, etc, dá muito trabalho e a remuneração não é compensatória, mas depois de pronto e a funcionar, dá para obter um bom lucro.
Boa sorte!
 
Offline

UnderSiege 
Membro
Mensagens 248 Gostos 11
Feedback +1

Troféus totais: 21
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 3 Level 2 Level 1

Vou-te dar o meu ponto de vista relativo a este assunto.
Quando pretendemos prestar um serviço devemos colocar-nos na posição do cliente para entender o que ele vai achar bem e o que vai achar mal. Como cliente de um serviço desses, pensaria muuuuuito antes de colocar o meu negócio nas mãos de desconhecidos. Outro ponto é a margem pedida, no mercado competitivo atual há lojas online a ganhar margens de 5%, como podem pagar 10% se apenas lucram 5%? Deves ter em conta que se a loja fatura pouco, o montante vai pesar muito nas despesas, sendo que ao faturar pouco também dá pouco trabalho gerir a loja, não sendo necessário o serviço na maioria dos casos; por outro lado, que fature bastante já tem funcionário(s) contratados internamente na empresa para essa função.
O que eu recomendaria tendo em conta a tua vontade de trabalhar seria escolher uma destas hipóteses:
1- Criar a vossa própria loja dropshiping ou caso tenham dinheiro para investir, uma loja online de venda direta (sempre de forma legal porque a ASAE está a reforçar a fiscalização de vendas online e se não cumprem a lei na totalidade pode acarretar muitos problemas.

2- Criar lojas online para quem não as tem e geri-las. Podem começar na vossa zona, abordar os donos de lojas e apresentar a proposta de criação de uma loja online oferecendo a possibilidade de uma percentagem das vendas ou uma mensalidade fixa. Essa seria uma boa aposta, porque há muitos comerciantes que não sabem usar a web, nem tem meios para criar/manter uma loja online e com um investimento baixo são muitas vezes receptivos a tentar aumentar as vendas com esse serviço. Eu tinha uma pessoa a tratar da gestão, recebia-mos as encomendas, imprimia-mos os dados e passava-mos ao lojista para que este fizesse o envio ou preparação para que o cliente fizesse a recolha na loja.
Eu já forneci esse serviço a cerca de 20 lojistas, mais tarde por falta de tempo passei o negócio para um amigo que continua a fazer esse trabalho e tem crescido muito. Basicamente quando era eu a fornecer o serviço, cobrava um montante médio de 100€ para despesas de criação da loja e 5% do valor das vendas feitas pelo site mensalmente. Tinha dois clientes que faturavam só por eles mais que os restantes todos juntos e só não continuei com o negócio porque tinha outros mais rentáveis e menos trabalhosos. Inicialmente a criação da loja, com fotos, criação de listas de produtos, etc, dá muito trabalho e a remuneração não é compensatória, mas depois de pronto e a funcionar, dá para obter um bom lucro.
Boa sorte!
 
Ola, mais uma vez obrigado por uma resposta.
Queria esclarecer uma coisa. Quando refiro 10%, é dos lucros. Ou seja, se o negocio ganhasse 5%, eu ganharia 10% desse 5%. E caso nao atingissemos o valor mensal por nos pedido em forma de lucro nao cobrariamos esse valor (40€) ao cliente, apenas 10% da margem dele, de modo a ele nunca perder dinheiro ao ter os nossos serviços.

Dinheiro para investir nao ha, talvez daqui a uns tempos haja com a campanha de crowdfunding.

Quanto a falar com lojistas da regiao, algo que ja me tinha passado pela cabeça, mas penso que esse seria o "plano B"
Obrigado e bem haja