← Conversa Geral

O descaramento de certos utilizadores deve ser punido e não recompensado

Lida 1642 vezes

Offline

y2j 
Membro
Mensagens 356 Gostos 22
Feedback +3

Troféus totais: 26
Trófeus: (Ver todos)
Level 5 Avatar Tenth year Anniversary Nineth year Anniversary Windows User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 4

Olá a todos

Antes de mais, quero deixar bem claro que não sou, de modo algum, insensível aos problemas dos outros. Sei que as coisas estão cada vez piores e lamento as dificuldades de todos aqueles que se encontram, de momento, numa situação desesperante, quer seja por problemas de saúde, financeiros, ou ambos.

No entanto, não acho que os azares da vida devam, neste fórum, ser utilizados como estratégia de marketing. Já reparei em pessoas a tentar promover os seus produtos e serviços através de lamentações sobre as suas desgraças pessoais. Sim, muita gente tem problemas sérios. Eu tenho problemas sérios e muitos membros deste fórum têm problemas sérios. Mas há uma razão pela qual nem eu nem a maioria dos utilizadores aqui presentes tenta retirar vantagem dos seus problemas pessoais no momento de efectuar um negócio, e nem acho que seja necessário referi-la.

Isto leva-me a questionar o que é que poderá vir a seguir. Se calhar, em vez de promoverem os seus preços e menus, os restaurantes podem começar a promover os seus problemas pessoais.

"Venham almoçar à Tasca do Artur para ele poder pagar os livros dos filhos".

"Comida Tradicional Mexicana preparada por um chef que está prestes a ficar sem casa".

Não só é risível, como também errado do ponto de vista ético. E o pior de tudo é que situações deste género dão asas a novos esquemas que sobrevivem da compaixão dos outros. Se alguém vem vender um produto e diz que precisa de dinheiro para comprar medicamentos para a mãe, que é muito doente, quem é que me garante que isso é verdade? E mesmo que seja verdade, o que é que faz desse problema digno destaque num fórum onde quase toda a gente faz questão de omitir as dificuldades pelas quais se encontra a passar?

Mais uma vez, não quero parecer insensível, mas acho que há limites que têm de ser impostos, caso contrário vai ser cada um a pedinchar por seu lado. Um aparece a dizer que a mãe tem sida, outro aparece a dizer que a família está toda desempregada, outro aparece a dizer que o cão precisa de uma operação. Quer dizer...vamos lá ver... É que se assim for, é melhor começar já a preparar a história toda da minha vida, para quando for vender algo. Pode ser que fiquem emocionados e eu ganhe uns bons trocados com isso. É uma bela estratégia, vendo por esse lado. E o melhor de tudo é que até posso inventar. Em vez de dizer que estou desempregado e tenho 3 filhos para sustentar, posso dizer que estou desempregado, paralítico e tenho 7 filhos para sustentar. Seja como for, ninguém vai verificar a minha história, pois não?
Offline

andrevq 
Membro
Mensagens 294 Gostos 19
Troféus totais: 18
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 3 Level 2 Level 1 100 Posts 50 Posts 10 Posts

Viva,
Todos temos problemas uns mais sérios que os outros, mas não deixam de ser problemas, e se vamos entrar por ai, isto daqui a nada passa a ser o muro das "lamentações"...
Só vejo aqui uma solução um controlo mais apertado por parte dos moderadores, e depois... tá certo que todos temos o direito à palavra, mas há aqui "meia dúzia" de "garotos" que parece que estão a brincar aos "profissionais"...
Offline

y2j 
Membro
Mensagens 356 Gostos 22
Feedback +3

Troféus totais: 26
Trófeus: (Ver todos)
Level 5 Avatar Tenth year Anniversary Nineth year Anniversary Windows User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 4

No outro dia recebi um panfleto de um canalizador, na caixa de correio, onde vinha a história toda dele. Só desgraças. Dizia que não tinha dinheiro para comer nem para pagar a renda. Como gosto pouco de truques emocionais, foi logo para o lixo. Se querem o meu dinheiro, apresentem-me uma proposta de qualidade, em vez de me tentarem comover. E se querem pedinchar, façam-no de forma directa. Aí terão mais sorte. Pelo menos comigo. Não tenho problemas em ajudar quem precisa, dentro das minhas possibilidades. Marketing sujo é que dispenso.

Offline

NatureV 
Membro
Mensagens 25 Gostos 1
Troféus totais: 13
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 2 Level 1 10 Posts First Post Karma Fourth year Anniversary

Concordo com o que disseste. Mas também é verdade que para essas pessoas, esta é a única solução que elas encontram. E se há alguns anos era impensável para elas fazer o que estão a fazer agora, assim como para ti neste momento é impensável fazê-lo, a verdade é que muitas vezes as coisas mudam tão de repente que certas questões éticas mais "leves" são postas de parte. A função social do estado deixou de ser social há muito e por isso cada vez mais está cada um por si.

Por acaso não sou frequentador assim tão assíduo do fórum mais tráfego para me ter apercebido de situações como as que referes, quando aqui venho geralmente vou só à secção que me interessa e até ao momento nunca vi uma situação dessas. Mas acredito que existam. E concordo contigo, porque tal como dizes pode haver pessoas a inventar problemas só para se aproveitaram da boa vontade dos outros.
Offline

NatureV 
Membro
Mensagens 25 Gostos 1
Troféus totais: 13
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 2 Level 1 10 Posts First Post Karma Fourth year Anniversary

Não foi preciso procurar muito para realmente encontrar um tópico como os que referiste. É triste ver situações dessas.

Tudo o que posso dizer é: aos que realmente estão a passar por dificuldades severas, imagino que seja difícil mas tentem ao máximo manter a calma e a sobriedade e mostrar que realmente têm capacidades para fazer bons trabalhos e nesse caso eu acredito que conseguirão atingir os vossos objectivos sem ser necessário exporem os vossos problemas. Aos que inventam estas histórias, se os existir, oxalá nunca passam por algo semelhante, mas deviam ganhar vergonha na cara.
Offline

y2j 
Membro
Mensagens 356 Gostos 22
Feedback +3

Troféus totais: 26
Trófeus: (Ver todos)
Level 5 Avatar Tenth year Anniversary Nineth year Anniversary Windows User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 4

Concordo com o que disseste. Mas também é verdade que para essas pessoas, esta é a única solução que elas encontram. E se há alguns anos era impensável para elas fazer o que estão a fazer agora, assim como para ti neste momento é impensável fazê-lo, a verdade é que muitas vezes as coisas mudam tão de repente que certas questões éticas mais "leves" são postas de parte. A função social do estado deixou de ser social há muito e por isso cada vez mais está cada um por si.

Por acaso não sou frequentador assim tão assíduo do fórum mais tráfego para me ter apercebido de situações como as que referes, quando aqui venho geralmente vou só à secção que me interessa e até ao momento nunca vi uma situação dessas. Mas acredito que existam. E concordo contigo, porque tal como dizes pode haver pessoas a inventar problemas só para se aproveitaram da boa vontade dos outros.

Compreendo a situação delas(caso sejam verdade), e também compreendo porque tentem utilizá-las como argumento. Não posso pedir a quem está nessas situações que deixe de tentar o que for possível. Mas parece-me razoável pedir que alguém evite que o fórum desça ao nível do "vale tudo". Talvez pudessem ser criadas regras nesse sentido. Se alguém quer apresentar um produto, apresente o produto. Não tente persuadir os clientes com histórias tristes, pois essa é uma via fácil que pode ser adoptada por qualquer pessoa.

Eu já fiz diversos negócios neste fórum, e alguns deles em épocas horríveis da minha vida, mas nunca me passou pela cabeça adoptar estratégias semelhantes. E sei que como eu há muitos. No Portugal de hoje, histórias tristes tornaram-se banais. Uma pessoa sem dinheiro para comer ou com uma Mãe doente e sem dinheiro para o tratamento deixou de ser um caso raro digno de ser destacado. Problemas desses são o pão nosso de cada dia. Quase toda a gente que conheço está na lama. Eu próprio tenho problemas gravíssimos que ainda não consegui resolver, mas também ninguém os vai resolver por mim.

Há pessoas que se acham muito espertas e estão dispostas a fazer tudo para obter aquilo que querem. Uma pessoa que tenha algo de valor para oferecer não precisa de utilizar mais argumento nenhum para além da qualidade do seu produto ou serviço.

Isto de se fazerem de coitadinhos é apenas mais uma técnica. Outra é apresentarem os serviços com identidades falsas, principalmente de raparigas, de modo a atraírem mais interesse. E isto não é uma teoria minha, mas sim um facto que pude comprovar há uns anos atrás. O próximo passo deve ser colocar uma foto do decote junto do preço.
Offline

NatureV 
Membro
Mensagens 25 Gostos 1
Troféus totais: 13
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 2 Level 1 10 Posts First Post Karma Fourth year Anniversary

Concordo contigo. Dada a impossibilidade de efectivamente confirmarmos ou não a veracidade daquilo que é dito aqui, deviam ser tomadas medidas para evitar esse tipo de situações.

Infelizmente por uns pagam os outros. Se situações destas fossem casos esporádicos creio que a comunidade não teria problemas em ajudar. Mas tal como disseste, situações terríveis principalmente do ponto de vista financeiro são cada vez mais banais. E quanto a isso nós não temos culpa, o estado é que tem. Por isso é a ele que estas pessoas devem a toda a força tentar socorrer-se.

Achei o teu post oportuno e esta é a minha opinião. Os meus sinceros votos de que todas as situações aflitivas sejam resolvidas com a maior brevidade possível.
Online

Diogo Pinto 
Administrador
Mensagens 4388 Gostos 363
Feedback +4

Troféus totais: 37
Trófeus: (Ver todos)
Avatar Search Level 6 Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes

Olá y2j,

Não consigo concordar com o teu post como um todo e perdoa-me a franqueza, não entendo muito bem a razão de ele ter sido postado (se calhar perdi alguma coisa que se tenha passado?).

Em primeiro lugar não vejo como um apelo a uma situação de misericórdia deve ser punido. Cada qual vende os seus produtos ou serviços da forma como achar oportuna. Agora depende dos potenciais compradores avaliar a seriedade e o interesse dos mesmos. Pessoalmente não seria capaz de pedir um serviço a um desconhecido, apelando ou não a uma situação de aperto, sem antes ter uma prova do seu trabalho. Se o preço for justo e o trabalho for bom, não é o facto de ter 7 ou 8 filhos para alimentar que me impedem de contratar nem que o vão favorecer perante um melhor profissional.

O que deve ser punido são os utilizadores que promovem as suas desgraças como uma desculpa para perpetuar dívidas ou serviços não realizados. Mas é claro que a moderação de um fórum não tem armas para combater este tipo de situações porque são geralmente realizadas em privado. Recomendo em determinadas situações a justiça como arma para as combater.

Citar
É que se assim for, é melhor começar já a preparar a história toda da minha vida, para quando for vender algo.

Se achas que a "história de vida" influencia a realização de negócios, não acho que seja verdade. Podes até ser um desastre em pessoa sem ponta de sorte na vida, mas se tiveres valor para me oferecer, não é a tua história de vida que vai vender. É o valor em si. Mas se utilizas o teu problema com o álcool como desculpa para não me entregares o que me prometeste, não sou insensível ao ponto de te fazer devolver o dinheiro no momento imediatamente a seguir. Mas acredita que não ficarei um ano à espera da tua boa vontade - a justiça resolve isso por mim.

Como disse, não concordo como um todo, mas concordo com algumas partes. :)

Um grande abraço,
Diogo
Offline

y2j 
Membro
Mensagens 356 Gostos 22
Feedback +3

Troféus totais: 26
Trófeus: (Ver todos)
Level 5 Avatar Tenth year Anniversary Nineth year Anniversary Windows User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 4

[font=Tahoma, Arial, Helvetica, 'Trebuchet MS', sans-serif]
Citar
Se achas que a "história de vida" influencia a realização de negócios, não acho que seja verdade. Podes até ser um desastre em pessoa sem ponta de sorte na vida, mas se tiveres valor para me oferecer, não é a tua história de vida que vai vender. É o valor em si. Mas se utilizas o teu problema com o álcool como desculpa para não me entregares o que me prometeste, não sou insensível ao ponto de te fazer devolver o dinheiro no momento imediatamente a seguir. Mas acredita que não ficarei um ano à espera da tua boa vontade - a justiça resolve isso por mim.
[/font][/size][/color]


Concordo. A "história de vida", só por si, não influência a realização de negócios. Mas quando conjugada com um produto de qualidade aceitável pode fazer uma grande diferença, pois mistura negócio com caridade, e há muita gente que se sentiria bem sabendo que está a utilizar o seu dinheiro, não só para comprar um produto, como também para ajudar alguém que se encontra numa situação difícil. 


Apenas acho que excesso de liberdade nos métodos de divulgação de produtos ajuda a fomentar actos de desonestidade que comprometem a integridade do fórum. Enquanto a qualidade de um produto ou serviço é relativamente fácil de comprovar, o mesmo não pode ser dito em relação às "histórias de vida" de alguém. Essas, são fáceis de forjar e distorcer, e a utilização das mesmas para a obtenção de ajuda financeira é um esquema já muito antigo, mas que com o advento da internet ganhou ainda mais força. Daí eu achar que a zona de vendas ser destinada unicamente a vendas e não à propagação de desgraças pessoais ajudaria a trazer mais equilíbrio a este local. Isto é apenas a minha opinião. Como disse anteriormente, gosto pouco que me tentem manipular emocionalmente, independentemente da veracidade das afirmações.


Digo já que não estou a acusar ninguém. Estou apenas a chamar a atenção para uma situação que, quando não controlada, poderá trazer problemas. 


Mais uma vez, peço desculpa se estou a soar insensível ou intolerante. Não é esse o caso, acreditem. Sou apenas da opinião de que há coisas que não devem ser misturadas. 
Offline

Luís Marquês 
Membro
Mensagens 1430 Gostos 19
Feedback +27

Troféus totais: 24
Trófeus: (Ver todos)
Apple User Windows User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

Penso que a razão deste post vem acerca disto: http://forum.maistrafego.pt/index.php?topic=44158.msg432991
Offline

Voidcraft 
Membro
Mensagens 9 Gostos 0
Troféus totais: 9
Trófeus: (Ver todos)
Combination Topic Starter Level 2 Level 1 First Post Fourth year Anniversary Third year Anniversary Second year Anniversary One year Anniversary

Concordo plenamente com o post inicial. +1