← Negócios Online

Paypal a empresa mais vigarista da internet?

Lida 11643 vezes

Offline

DanielPT 
Membro
Mensagens 196 Gostos 30
Troféus totais: 26
Trófeus: (Ver todos)
Level 5 Level 4 Avatar Tenth year Anniversary Nineth year Anniversary Eighth year Anniversary Seventh year Anniversary Windows User Super Combination Combination

Já tenho lido algumas histórias sobre a paypal, mas muitos pensam que isto só acontece aos outros. No entanto este caso aconteceu-me a mim. Vou resumir a história... Basicamente recebi um pagamento de um cliente no valor de 50 euros com o desconto da tarifa do paypal recebi na prática 47,20 euros. Até aqui tudo bem. O problema foi quando o cliente resolve cancelar o pagamento no seu cartão de crédito. A primeira coisa que a paypal me faz é retirar o dinheiro da conta (50 euros em vez dos 47.20 euros) e mete o caso em revisão. Passado quase um mês de estar em revisão a paypal não só confirma que o dinheiro foi devolvido como me cobra ainda uma tarifa de 16 euros do cartão de crédito do cliente!!! Para além de ter ficado sem o dinheiro do meu pagamento ainda tive que pagar a tarifa do pagamento dele? Depois recebo este e-mail da paypal:

Citar
Seu comprador registrou um chargeback junto ao emissor do cartão de crédito
dele para cancelar o pagamento acima. Embora seu comprador tenha cancelado
esse pagamento, queremos trabalhar com o emissor do cartão de crédito dele
para receber seu dinheiro de volta. Estamos usando as informações que você
nos enviou para disputar o cancelamento.

Lembre-se que, como o comprador já cancelou o pagamento, ele foi removido
de seu saldo do PayPal. A tarifa de liquidação cobrada pelo emissor do
cartão de crédito para o cancelamento também foi deduzida de sua conta. Se
o emissor do cartão de crédito decidir o caso em seu favor, esse dinheiro
será novamente creditado em seu saldo do PayPal.

Lembre-se que é o emissor do cartão de crédito quem determina o prazo e o
resultado. Pode levar até 75 dias para que o emissor do cartão de crédito
chegue à decisão final. Nós lhe enviaremos um e-mail assim que eles
concluírem sua investigação.

-----------------------------------
O que fazer em seguida
-----------------------------------

Se você tiver mais informações em relação a essa transação, envie-as para
nós o mais rápido possível.

Veja como enviar-nos informações:

1.  Acesse a sua conta do PayPal.
2.  Clique em "Central de Soluções" próximo à parte superior da página.
3.  Clique em "Exibir" ao lado do caso e siga as instruções.


-----------------------------------
Outros detalhes:
-----------------------------------

Esta transação foi revertida pelo(s) seguinte(s) motivo(s):
Assim, esta transação não está marcada como elegível para a Proteção ao
Vendedor.

Se tiver dúvidas sobre chargebacks e sobre como evitá-los, acesse sua conta
do PayPal e clique em "Ajuda", na parte superior de qualquer página.

Atenciosamente,
PayPal


Conclusão recebi 47 euros e devolvi 66 euros!!! Mas que é isto??? Para além de que o meu serviço para com o cliente ficou de borla. Ele recebeu o trabalho encomendado e eu fiquei sem o dinheiro e com prejuízo!

Estou seriamente a pensar em deixar a paypal de vez... Para quem tem paypal e tudo tem corrido bem, lembre-se, isto pode vos acontecer!

Cumprimentos.
Offline

zegomes 
Membro
Mensagens 724 Gostos 0
Feedback +9

Troféus totais: 21
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 4 Level 3 Level 2 Level 1 500 Posts 100 Posts

Não é só a ti não... aconteceu-me algo parecido com um membro aqui do forum com o mesmo valor de 50 euros. Mas desta vez bastou ele fazer uma engenhoca qualquer para que a conta dele parecesse ter sido hackeada e retirarem todo o dinheiro enviado para mim. A mais de 1 ano que ele me ignora mas enfim :)

Penso eu que foi isso que ele fez, porque o email que o paypal me mandou foi a dizer algo parecido com o que disse.
Offline

DanielPT 
Membro
Mensagens 196 Gostos 30
Troféus totais: 26
Trófeus: (Ver todos)
Level 5 Level 4 Avatar Tenth year Anniversary Nineth year Anniversary Eighth year Anniversary Seventh year Anniversary Windows User Super Combination Combination

Pois, mas a mim para além de me terem retirado o dinheiro ainda me obrigaram (sim obrigaram porque nem tive escolha) a pagar a tarifa associada ao pagamento do cartão de crédito dele!!!
Offline

Kida 
Membro
Mensagens 273 Gostos 0
Feedback +8

Troféus totais: 17
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 3 Level 2 Level 1 100 Posts 50 Posts 10 Posts

Já deixei de usar o PayPal há muito tempo...
Offline

cjseven 
Administrador
Mensagens 1809 Gostos 26
Feedback +3

Troféus totais: 28
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2 Level 1 1000 Posts

Compreendo o desabafo porque não é nada bom perder dinheiro desta forma.

Mas leste os TOS do paypal quando decidiste utilizar o serviço? É normal que o Paypal se defenda nestes casos passandos os custos da operação para o vendedor. Deves estar preocupado é com quem fez chargeback e quais os seus motivos.

Em qualquer transação via paypal o vendedor é que fica com a cabeça a prémio.

Existem várias cuidados a ter para evitar ficar com a cabeça a prémio mas não são infaliveis.

Um dos cuidados que tenho é nunca dar o email a alguém para me enviarem dinheiro. Em vez disso criar um invoice e enviar para o endereço de email do comprador. Essa invoice tem uma caixa onde podes estabelecer termos e condições para reembolso. Não garante nada, muito menos contra chargeback, mas sempre te dá "mais pontos" em caso de disputa.

De qualquer forma, quanto maior for o volume de vendas, maior é a probabilidade destas situações. Há que encará-las como "dores de crescimento" ;)
Offline

Manuel Moreira 
Membro
Mensagens 228 Gostos 0
Feedback +1

Troféus totais: 20
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 4 Level 3 Level 2 Level 1 100 Posts 50 Posts

O Paypal cresceu e é o que é à custa do incessante combate à fraude.

Pode não se aplicar ao teu caso, mas é assim, numa guerra há sempre danos colaterais e 66€ nem é assim taõ grave.

Eu chateio-me é com taxas de câmbios sempre a mudar (e para pior...). Quando chegares a um determinado patamar de pagamentos perceberás o problema.

Para a próxima: transferência bancária :)
Offline

AlexandrePaulo 
Membro
Mensagens 360 Gostos 42
Feedback +3

Troféus totais: 24
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Poll Starter Level 4 Level 3 Level 2 Level 1 100 Posts


Isto não é um problema da PayPal, mas sim dos pagamentos por Cartão de Crédito.

Qualquer pessoa pode pedir um charge back e qualquer plataforma de pagamentos vai primeiro defender quem pagou.

Por isso chamar nomes à PayPal é errado. Chama nomes ao vigas que pediu o charge back. Acontecer-te-á o mesmo em toda a qualquer plataforma de pagamento por CC.

Até porque não foi a PayPal que agarrou os euros primeiro... foi a VISA, MasterCard, American Express ou qual seja o cartão em causa...

Trabalho com a PayPal há muitos e muitos anos, com muitos e muitos euros por lá passados e - sinceramente - para mim a PayPal é uma das empresas mais fiáveis da Internet!

Offline

Octávio Alves 
Membro
Mensagens 963 Gostos 36
Feedback +25

Troféus totais: 27
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

Isto não é um problema da PayPal, mas sim dos pagamentos por Cartão de Crédito.

Qualquer pessoa pode pedir um charge back e qualquer plataforma de pagamentos vai primeiro defender quem pagou.

Por isso chamar nomes à PayPal é errado. Chama nomes ao vigas que pediu o charge back. Acontecer-te-á o mesmo em toda a qualquer plataforma de pagamento por CC.

Até porque não foi a PayPal que agarrou os euros primeiro... foi a VISA, MasterCard, American Express ou qual seja o cartão em causa...

Trabalho com a PayPal há muitos e muitos anos, com muitos e muitos euros por lá passados e - sinceramente - para mim a PayPal é uma das empresas mais fiáveis da Internet!


Sublinho o que foi dito pelo DiabinhoMor.

A paypal não cobra-te o dinheiro para eles, mas sim para pagar os "gastos" existentes.
Essa taxa que pagaste, provavelmente o comprador pagou-a para proceder o pagamento, e dessa forma é considerado um gasto para ele.
O que fez com que tivesse de ser-lhe devolvido.
O problema dessas situações não é da plataforma, mas sim de quem pede o charge back (quando não têm razões para o fazer).
Offline

DanielPT 
Membro
Mensagens 196 Gostos 30
Troféus totais: 26
Trófeus: (Ver todos)
Level 5 Level 4 Avatar Tenth year Anniversary Nineth year Anniversary Eighth year Anniversary Seventh year Anniversary Windows User Super Combination Combination

O paypal então só deveria disponibilizar os fundos via cartão de crédito quando estes estivessem 100 % seguros. Uma breve pesquisa pela internet e o que não é falta é vendedores a queixarem-se que enviaram o "item" e de seguida o cliente pede o reembolso. Ficando com o dinheiro e com o item. Como na maior parte são "itens virtuais" e o cliente não pode dar o endereço ou qualquer coisa assim do género para provar que enviou o item em 99 % dos casos o cliente vigarista ganha a questão. Isto é uma falha muito grave no meu ponto de vista. Pois a intenção até pode ser de protecção para com o comprador, mas na prática esta-se a proteger vigaristas e a prejudicar os vendedores. Paypal não é uma plataforma segura. Não venham tapar o sol com a peneira. Toda a gente sabe que eu posso fazer um pagamento e passado uns dias ou até horas pedir o reembolso e alegar que não fui que fiz a pagamento... Aliás como descreveu o zegomes.

cjseven obrigado pela dica. Vou explorar isso.  :ideia:
Offline

Consultor 
Membro
Mensagens 812 Gostos 10
Feedback +21

Troféus totais: 24
Trófeus: (Ver todos)
Level 5 Windows User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

Isto não é um problema da PayPal, mas sim dos pagamentos por Cartão de Crédito.

Qualquer pessoa pode pedir um charge back e qualquer plataforma de pagamentos vai primeiro defender quem pagou.

Por isso chamar nomes à PayPal é errado. Chama nomes ao vigas que pediu o charge back. Acontecer-te-á o mesmo em toda a qualquer plataforma de pagamento por CC.

Até porque não foi a PayPal que agarrou os euros primeiro... foi a VISA, MasterCard, American Express ou qual seja o cartão em causa...

Trabalho com a PayPal há muitos e muitos anos, com muitos e muitos euros por lá passados e - sinceramente - para mim a PayPal é uma das empresas mais fiáveis da Internet!



Discordo ! Se são uma empresa séria, não podem sempre estar a defender o comprador... isso é incentivar ao que já foi dito ( comprar e depois cancelar ) a mim felizmente nunca me aconteceu, mas sei de quem ficou a arder com centenas de euros à pala disso ...

Eu cada vez mais estou desiludido com eles, a começar pelo suporte

Offline

asturmas 
Administrador
Mensagens 19734 Gostos 49
Feedback +2

Troféus totais: 39
Trófeus: (Ver todos)
Mobile User Windows User Super Combination Combination Topic Starter 100 Poll Votes 50 Poll Votes 10 Poll Votes Poll Voter Poll Starter

O paypal então só deveria disponibilizar os fundos via cartão de crédito quando estes estivessem 100 % seguros. Uma breve pesquisa pela internet e o que não é falta é vendedores a queixarem-se que enviaram o "item" e de seguida o cliente pede o reembolso. Ficando com o dinheiro e com o item. Como na maior parte são "itens virtuais" e o cliente não pode dar o endereço ou qualquer coisa assim do género para provar que enviou o item em 99 % dos casos o cliente vigarista ganha a questão. Isto é uma falha muito grave no meu ponto de vista. Pois a intenção até pode ser de protecção para com o comprador, mas na prática esta-se a proteger vigaristas e a prejudicar os vendedores. Paypal não é uma plataforma segura. Não venham tapar o sol com a peneira. Toda a gente sabe que eu posso fazer um pagamento e passado uns dias ou até horas pedir o reembolso e alegar que não fui que fiz a pagamento... Aliás como descreveu o zegomes.

cjseven obrigado pela dica. Vou explorar isso.  :ideia:
Nesse caso apenas terias os fundos contigo 120 dias depois o que não é viável.

Apresenta queixa na PJ contra o burlão.
Offline

DanielPT 
Membro
Mensagens 196 Gostos 30
Troféus totais: 26
Trófeus: (Ver todos)
Level 5 Level 4 Avatar Tenth year Anniversary Nineth year Anniversary Eighth year Anniversary Seventh year Anniversary Windows User Super Combination Combination

Não é viável é eu ter ficado sem o dinheiro e ainda pagar a tarifa do pagamento que me foi retirado. Isto até parece uma anedota!!!

O trabalho em questão era simplesmente desenvolver uma parte do site do cliente. Não houve contratos. Foi tudo "apalavrado" como se costuma dizer. Apresentar uma queixa nestes termos é inútil.

Mas já estou escaldado. Paypal agora só para pessoas de confiança. Os restantes vão pagar por TB. Não confio mais no paypal.
Offline

duartini 
Membro
Mensagens 397 Gostos 0
Feedback +8

Troféus totais: 22
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 4 Level 3 Level 2 Level 1 100 Posts 50 Posts

Começo a duvidar do Paypal. Afinal não parece ser aquilo que pintam, também têm as suas falhas, neste caso grandes falhas.
Offline

guisantos 
Membro
Mensagens 388 Gostos 0
Feedback +7

Troféus totais: 22
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 4 Level 3 Level 2 Level 1 100 Posts 50 Posts

Já tenho lido algumas histórias sobre a paypal, mas muitos pensam que isto só acontece aos outros. No entanto este caso aconteceu-me a mim. Vou resumir a história... Basicamente recebi um pagamento de um cliente no valor de 50 euros com o desconto da tarifa do paypal recebi na prática 47,20 euros. Até aqui tudo bem. O problema foi quando o cliente resolve cancelar o pagamento no seu cartão de crédito. A primeira coisa que a paypal me faz é retirar o dinheiro da conta (50 euros em vez dos 47.20 euros) e mete o caso em revisão. Passado quase um mês de estar em revisão a paypal não só confirma que o dinheiro foi devolvido como me cobra ainda uma tarifa de 16 euros do cartão de crédito do cliente!!! Para além de ter ficado sem o dinheiro do meu pagamento ainda tive que pagar a tarifa do pagamento dele? Depois recebo este e-mail da paypal:


Conclusão recebi 47 euros e devolvi 66 euros!!! Mas que é isto??? Para além de que o meu serviço para com o cliente ficou de borla. Ele recebeu o trabalho encomendado e eu fiquei sem o dinheiro e com prejuízo!

Estou seriamente a pensar em deixar a paypal de vez... Para quem tem paypal e tudo tem corrido bem, lembre-se, isto pode vos acontecer!

Cumprimentos.

Infelizmente o paypal é mais vantajoso para quem compra do que para quem vende mas também o paypal não tem de avaliar o perfil do comprador e do vendedor, este apenas fornece um serviço. No entanto quando um comprador simula que a sua conta foi hackeada para reaver o dinheiro a paypal passa a investigação de burla e investiga podendo ser o comprador processado pelo feito. Quando os casos ficam feios a Paypal tem boa comunicação com a interpol por isso é uma questão de apertar com eles para tomarem medidas. Nunca invalida o facto de termos em atenção de receber pagamentos por paypal apenas de pessoas de confiança entretanto usem outros métodos tipo transferência bancária. É triste esta gente sujar-se por 50€. enfim..
Offline

joaomesk 
Membro
Mensagens 209 Gostos 0
Feedback +4

Troféus totais: 18
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 3 Level 2 Level 1 100 Posts 50 Posts 10 Posts