Abrir actividade - Portal das Finanças

Iniciado por Jóni Oliveira em 21/Mai/2011 11:53 ‐ Lida 26665 vezes

Páginas: 12   Ir para o fundo
  1. Jóni Oliveira

    • Administrador
      • Mensagens: 3104
      • Gostos: 111
    Boas.

    Deparei me com o inicio de actividade online, o site do portal das finanças é uma "treta".

    Como declarar inicio de actividade: Fazer Login -> Serviços -> Entregar -> Declarações -> Inicio de Atividade

    Manual (para quem não perceber o que lá pedem): http://info.portaldasfinancas.gov.pt/NR/rdonlyres/BFE821C5-4A5A-4BDB-B6DF-99064DAD889B/0/MANUALDEINICIOvers%C3%A3oPortaldasFinan%C3%A7as2011.pdf
    Empreendedor Digital desde 2010 :) A viver da Internet desde que entrei no mercado de trabalho eheh
    Blog -  www.VivendoDigital.com
  2. euluism

    • Membro
      • Mensagens: 977
      • Gostos: 0
  3. Jóni Oliveira

    • Administrador
      • Mensagens: 3104
      • Gostos: 111
    #2
    Não faça nada online, vai a finanças directamente.

    Era só para deixar ali o manual, porque o site é realmente péssimo.. nem os caracteres tão bem lol
    Empreendedor Digital desde 2010 :) A viver da Internet desde que entrei no mercado de trabalho eheh
    Blog -  www.VivendoDigital.com
  4. euluism

    • Membro
      • Mensagens: 977
      • Gostos: 0
    #3
    Já fazem asneiras o suficiente nos centros de atendimento, quando mais online.

    Quando se trata de um assunto sério tem de ser com bla bla com eles mesmo. Não façam online.
  5. jleao

    • Membro
      • Mensagens: 270
      • Gostos: 20
    #4
    De uma vez por todas tem que se desmitificar as declarações electrónicas, pois se existe algo que tem sido feito bem (entre outras poucas coisa), tem sido as declarações electrónicas. Quem trabalha na área, sabe o quanto são importantes, e que hoje era impensável voltar atrás.

    As declarações electrónicas têm desburocratizado todo o sistema que existia e que hoje está muito mais simplificado.

    Como é evidente para entregares uma declaração, tens que ter minimamente conhecimentos sobre o que vais fazer, e não vir dizer simplesmente que o site é uma treta.

    Em relação aos caracteres, tive o cuidado de ir testar  e apenas aparecem na versão mais actualizada do firefox, porque no crhome e no IE, está impecável
  6. Rodrigues

    • Membro
      • Mensagens: 1786
      • Gostos: 1
    #5
    Já fazem asneiras o suficiente nos centros de atendimento, quando mais online.

    Quando se trata de um assunto sério tem de ser com bla bla com eles mesmo. Não façam online.

    Discordo completamente. Tudo o que se possa fazer online sem ter que se ir a uma repartição das finanças é de louvar. Dar inicio de actividade não é nenhum bicho de sete cabeças, além de que os funcionários das repartições de finanças não são propriamente úteis ou prestáveis, só te dizem o formulário que tens de preencher e às vezes até nisso se enganam, fazendo-te voltar outro dia para preencher o formulário certo.

    Por isso digo exactamente o oposto, o que puderem fazer online aproveitem, não desperdicem o vosso tempo a ir a uma repartição para serem atendidos por incompetentes mandriões.

    Simplex ftw!
  7. Jóni Oliveira

    • Administrador
      • Mensagens: 3104
      • Gostos: 111
    #6
    Eu só tive duas dúvidas, foi entre CAE e CIRS e entre rendimentos empresariais/profissionais/profissionais e empresariais.

    Por isso é que prefiro ir a algum sitio onde possam ajudar... Estou um pouco mal informado
    Empreendedor Digital desde 2010 :) A viver da Internet desde que entrei no mercado de trabalho eheh
    Blog -  www.VivendoDigital.com
  8. Rodrigues

    • Membro
      • Mensagens: 1786
      • Gostos: 1
    #7
    De qualquer forma é sempre bom partilhares com outros este tipo de informações. Nem todos sabem que podem fazer este tipo de operações online. :)
  9. euluism

    • Membro
      • Mensagens: 977
      • Gostos: 0
    #8
    De uma vez por todas tem que se desmitificar as declarações electrónicas, pois se existe algo que tem sido feito bem (entre outras poucas coisa), tem sido as declarações electrónicas. Quem trabalha na área, sabe o quanto são importantes, e que hoje era impensável voltar atrás.

    As declarações electrónicas têm desburocratizado todo o sistema que existia e que hoje está muito mais simplificado.

    Como é evidente para entregares uma declaração, tens que ter minimamente conhecimentos sobre o que vais fazer, e não vir dizer simplesmente que o site é uma treta.

    Em relação aos caracteres, tive o cuidado de ir testar  e apenas aparecem na versão mais actualizada do firefox, porque no crhome e no IE, está impecável

    Não estou a falar dos serviços prestados la. Imagina que queres criar uma empresa na hora fazes na net? Penso que seja melhor perder umas horas e me deslocar até eles.

    A emissão de recibos verdes electrónicos é a melhor coisa que as finanças lançou até hoje, pouca milhares de árvores diariamente,  custos loucos de envio de cartas via CTT e custo das cadernetas de recibos e n e n pontos que traz a favor a vinda dos recibos verdes electrónicos.
  10. Rodrigues

    • Membro
      • Mensagens: 1786
      • Gostos: 1
    #9
    Não estou a falar dos serviços prestados la. Imagina que queres criar uma empresa na hora fazes na net? Penso que seja melhor perder umas horas e me deslocar até eles.

    Claro que sim, a ideia é exactamente essa, não andar a perder tempo em repartições quando é algo que podes fazer tu online!

    Para aqueles que não pescam nada de nada sobre isso talvez se devam informar melhor primeiro (para tal existem números de contacto, não precisas de ir a uma repartição), mas para todos os outros é bem melhor fazer esse tipo de coisas pela internet. E os webmasters deviam ser os primeiros a louvar este tipo de soluções! ;)
  11. jleao

    • Membro
      • Mensagens: 270
      • Gostos: 20
    #10
    Não estou a falar dos serviços prestados la. Imagina que queres criar uma empresa na hora fazes na net? Penso que seja melhor perder umas horas e me deslocar até eles.

    A emissão de recibos verdes electrónicos é a melhor coisa que as finanças lançou até hoje, pouca milhares de árvores diariamente,  custos loucos de envio de cartas via CTT e custo das cadernetas de recibos e n e n pontos que traz a favor a vinda dos recibos verdes electrónicos.

    Se queres criar uma empresa então aconselho-te a não ires pedir informações ás finanças, consulta antes um técnico de contas, pois este saberá informar-te sobre o que deves fazer a nível fiscal, da segurança social, quais os apoios que existem ao nível do IEFP e outros que possam existir, quais as vantagens e desvantagens de um sociedade, enquanto que na repartição de finanças apenas te dizem o que deves fazer a nível fiscal. Certamente que nem sobre qual será a melhor opção de ENI ou sociedade te saberão responder. Passam a batata quente para as tuas mãos e tu é que decides.



     
  12. euluism

    • Membro
      • Mensagens: 977
      • Gostos: 0
    #11
    Se queres criar uma empresa então aconselho-te a não ires pedir informações ás finanças, consulta antes um técnico de contas, pois este saberá informar-te sobre o que deves fazer a nível fiscal, da segurança social, quais os apoios que existem ao nível do IEFP e outros que possam existir, quais as vantagens e desvantagens de um sociedade, enquanto que na repartição de finanças apenas te dizem o que deves fazer a nível fiscal. Certamente que nem sobre qual será a melhor opção de ENI ou sociedade te saberão responder. Passam a batata quente para as tuas mãos e tu é que decides.

    Apenas indico que é sempre aconselhável ir la pelo menos no acto de criação da empresa as finanças... Porque tiramos todas as dúvidas. No dia em que registei os meus serviços, fui eu bem como o meu TOC e tivemos a esclarecer tudo.

    Passar recibos verdes, por IRS, visualizar  documentos na internet sim louvo era um bem essencial :) bem vindo ao portal das finanças foi a melhor coisa que lançaram. Apenas acho que ao meu ver existem coisas que devem ser sempre tratadas pessoalmente com as pessoas certas.
  13. swing

    • Membro
      • Mensagens: 3021
      • Gostos: 5
    #12
    Tenho uma dúvida.. sabem se encerrar a actividade e a voltar a abrir um ano depois se tem de se voltar a pagar a segurança social ou se fica isento por mais 12 meses?
    Como a seg social se paga tendo como base os rendimentos mensais do último ano, se no último ano não tiver rendimentos, fica-se isento ou pelo menos começa-se no escalão mais baixo?
    Campanha CPA - $600 por cliente. Inscreve-te -> http://goo.gl/C3On7X
  14. Octávio Alves

    • Membro
      • Mensagens: 955
      • Gostos: 30
    #13
    Tenho uma dúvida.. sabem se encerrar a actividade e a voltar a abrir um ano depois se tem de se voltar a pagar a segurança social ou se fica isento por mais 12 meses?
    Como a seg social se paga tendo como base os rendimentos mensais do último ano, se no último ano não tiver rendimentos, fica-se isento ou pelo menos começa-se no escalão mais baixo?

    A isenção da segurança social é uma "oferta" apenas para a 1ª vez que abras atividade.
    Se fechares e mais tarde voltares a abrir, já não terás isenção.
    Mas eles agora aumentaram o periodo de isenção, acho que para 2 anos.
    www.oalves.com - Octávio Alves - WebDeveloper & Designer Gráfico
  15. swing

    • Membro
      • Mensagens: 3021
      • Gostos: 5
    #14
    Sim, tendo em conta que o escalão é calculado com base nos rendimentos dos últimos 12 meses, se em 2015 por ex se está num escalão alto, se encerrar actividade e passados 12 meses abrir, logo nos últimos 12 meses se não apresentou rendimentos, em  2017 ao abrir actividade o escalão de 2015 mantêm-se ou passa para um escalão mais baixo?


    A isenção da segurança social é uma "oferta" apenas para a 1ª vez que abras atividade.
    Se fechares e mais tarde voltares a abrir, já não terás isenção.
    Mas eles agora aumentaram o periodo de isenção, acho que para 2 anos.
    Campanha CPA - $600 por cliente. Inscreve-te -> http://goo.gl/C3On7X
Páginas: 12   Ir para o topo