← Marketing

Mas que abordagem | Marketing sem escrúpulos

Lida 5302 vezes

Offline

mazza 
Membro
Mensagens 30 Gostos 0
Troféus totais: 20
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Level 4 Level 3 Level 2 Level 1 10 Posts First Post Signature

Olá comunidade,
hoje fui contactado por um cliente meu todo eufórico e em panico.
Tratava-se de um email que ele tinha recebido através do site que eu lhe fiz.

Fica aqui uma cópia do email:

From: Rui Nascimento [mailto:rui.nascimento@made2grow.com]
Sent: 28 February 2010 10:22
To: 'Unspecified'
Subject: Ao responsável do vosso Website
Importance: High

(Agradecemos que reencaminhem este email para a pessoa correcta)

Exmos. Senhores

O meu nome é Rui Nascimento e sou o responsável pela equipa Made2Web que visitou recentemente o vosso site.

Apesar do site estar construído numa das plataformas mais reconhecidas internacionalmente, o JoomlaTM, verificámos que este se encontra vulnerável (inseguro e tecnologicamente desactualizado) por não estarem a ser feitos os upgrades que são necessários. O site está construído em Joomla 1.0 (já descontinuado) existindo muitas outras versões posteriores, sendo a mais recente a 1.5.15.

Para evitar que o vosso site sofra ataques por “hackers” tal como acontece diariamente a tantos outros igualmente vulneráveis (ver aqui), a Made2Web aconselha a que façam este upgrade, ou seja, que evoluam o vosso site de Joomla 1.0 a Joomla 1.5

Caso esteja sensível a esta questão, contacte-nos.

Rui Nascimento.

#############################################


Fica aqui a minha resposta:

Caro Sr. Rui Nascimento,

Desde já agradecemos o contacto da V. empresa e a V. preocupação em relação à versão de Joomla utilizada no website do nosso cliente.

Contudo, cabe-nos frisar que não é de forma alguma ético da V. parte entrar em contacto com os nossos clientes numa base intimidante e ameaçadora acerca de possíveis ataques de Hackers. Pois como os Srs. deveriam ter conhecimento, os ataques que um determinado site possa sofrer depende em grande parte da segurança que o server que aloja o site oferece.

Partindo do príncipio que ninguém vos convidou a realizar qualquer juízo de valor ou análise sobre este ou outros sites nossos clientes, gostaríamos de uma forma frontal solicitar-vos: NÃO SE PREOCUPEM COM OS SITES NOSSOS CLIENTES, MAS SIM COM OS VOSSOS!

Não deixa de ser lamentável o facto de a V. empresa não ter um volume de clientes suficientes ao ponto de disporem de tanto tempo livre para andar a navegar na net à procura de aspectos onde possam interpelar clientes de outras empresas.

Percebemos que a V. intenção é vender o V. serviço, mas existem muitas outras formas para o fazerem. Abordar os nossos clientes sem qualquer ética e numa base desonesta e impingir-lhes medo, não é certamente a melhor forma de vingar num mercado tão competitivo como o do Web Design.

Assim, esperamos que mais nenhum dos nossos clientes sejam contactados com e-mails desta natureza, caso contrário, o assunto resolver-se-á de forma ética, coisa que a V. empresa aparentemente desconhece.

Cumprimentos,
Marek Foth | admin


PS: Para já, ficou postado um topico acerca desda abordagem no http://forum.maistrafego.pt/index.php?topic=20005.0



>>>

O que voces acham desda abordagem, e qual é a vossa opinião acera desde tema?
Outra observação.... caso o site em questão seja hackado um dia desdes, não será o Sr. Rui o primeiro suspeito, uma vez que ele necesita tanto trabalho... lol
Offline

Souza 
Elite
Mensagens 1816 Gostos 1
Troféus totais: 28
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

É um pouco triste assistir a situações como esta, só a posso definir como desesperante...

E que te disse o cliente? Certamente ficou a pensar na questão da segurança e no facto de não teres actualizado o joomla..
Offline

Rodrigues 
Membro
Mensagens 1786 Gostos 1
Feedback +5

Troféus totais: 26
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

Sou totalmente contra este tipo de marketing, mas atenção que ele tem razão, sites em Joomla 1.0 são bastante vulneráveis a ataques, ainda recentemente um site antigo meu foi hackado e colocaram lá um site de phishing.
Online

Nuno 
Administrador
Mensagens 7780 Gostos 216
Feedback +2

Troféus totais: 42
Trófeus: (Ver todos)
100 Poll Votes Level 7 Search Mobile User Level 6 Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes

Esta é a prova de que a web em Portugal é ainda um espermatozóide! Os ditos profissionais são maus! Este é um óptimo exemplo disso mesmo.

Ainda bem que reportaste esta situação.
Offline

asturmas 
Administrador
Mensagens 19734 Gostos 49
Feedback +2

Troféus totais: 39
Trófeus: (Ver todos)
Mobile User Windows User Super Combination Combination Topic Starter 100 Poll Votes 50 Poll Votes 10 Poll Votes Poll Voter Poll Starter

Enfim uma situação no minimo lamentavel...
Offline

MarKo 
Administrador
Mensagens 4610 Gostos 10
Feedback +1

Troféus totais: 37
Trófeus: (Ver todos)
Level 6 Windows User Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes Poll Voter 10 Polls Poll Starter

Se a tua abordagem inicial para com o 'teu' cliente, foi a de lhe dizer que lhe fazias um site com base numa plataforma gratuita e que não fazias follow-up ao site com a instalação de actualizações. Agora quando lhe deste conhecimento deste e-mail ele não devia ter ficado chateado...
Offline

cjseven 
Administrador
Mensagens 1809 Gostos 26
Feedback +3

Troféus totais: 28
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2 Level 1 1000 Posts

Boas Marek,

offtopic: Não tenho podido falar no skype. Contacto-te amanhã.

Compreendo que esta situação seja desagradável mas não sou assim tão crítico:

1- O site do cliente tem algum referência relativamente à entidade criadora?

2- Esta técnica não é mais do que um ramo do marketing directo, que todos nós vemos todos os dias - principalmente através das redes de comuniçações (MEO, Cabovisão, etc) que estão sempre a tentar "roubar" clientes uns aos outros.

3- @Nuno, isto acontece em todo o lado e Portugal não é de certeza o primeiro. Este tipo de marketing é muito utilizado no país fundador da Internet, onde a ética não se confunde com direitos sobre clientes - pelo menos eu distingo as duas situações.

4- Se me acontecesse a um site dos meus clientes claro que não gostava (pois colocaria o meu serviço em cheque), mas reparem: a entidade em causa não teria motivos para entrar em contacto caso o sistema estivesse actualizado. E se o cliente entrou em contacto em pânico, é pq se calhar está a pagar por um serviço que não vê cumprido ou se não é assim, a resposta tb é simples: fazer a actualilzação e cobrar pelo serviço.

5- Acho que temos de ter noção de que os clientes não são clientes nossos para sempre e se os queremos manter, temos de fortalecer a relação - e não reclamar direitos quando a concorrência ataca - a isto chama-se mercado livre.

6- Quero deixar uma última nota para dizer que não sou apologista desta forma de actuar, mas tb não sou totalmente contra. Como profissional na área, a minha preocupação está do lado dos clientes (actuais ou potenciais) e não com a concorrência (que nem sempre oferece o melhor serviço).

Ok... venha daí o massacre ao meu post... :D

É a minha opinião e acho que devemos exprimir-nos com sinceridade.

cumps,
antonio
Offline

Rodrigues 
Membro
Mensagens 1786 Gostos 1
Feedback +5

Troféus totais: 26
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

Tal como disse, sou contra este tipo de marketing, mas tenho que concordar com o cjseven que é marketing tal como outro e praticado por empresas de todo o mundo, incluindo americanas.

E os clientes não são propriedade nossa. Lá porque alguém faz um site a outro, esse outro não passa a ser propriedade exclusiva do primeiro. Não vejo mal nenhum em uma empresa contactar outra e dizer-lhe que pode fazer-lhe um site melhor e mais seguro. Eu não faria esse tipo de contacto, mas não existe nada de errado nisso, inclusive sou contactado por empresas de renome no mercado internacional com esse tipo de propostas.

A isto chama-se concorrência e liberdade de escolha. Se têm medo que outra empresa venha apontar os vossos erros e dizer que faz melhor então não se devem meter neste mercado. Os clientes não são "vossos", apenas o trabalho/produto é.

Neste caso especifico parece-me um pouco mau a forma como decidiram abordar o cliente, incentivando o medo e receio de ser "hackado", no entanto não deixa de ser verdade o que referem e têm todo o direito de se candidatar a resolver isso. Mais, se essas questões sobre segurança nunca foram colocadas ao cliente então ele terá razão para ficar insatisfeito e colocar em causa o serviço prestado, espero que não tenha sido o caso e simplesmente o cliente é que nunca optou por fazer o upgrade por não estar disposto a acarretar os custos.
Offline

Nuno77 
Membro
Mensagens 210 Gostos 3
Feedback +4

Troféus totais: 27
Trófeus: (Ver todos)
Level 5 Tenth year Anniversary Nineth year Anniversary Apple User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 4 Level 3

Esta técnica não é mais do que um ramo do marketing directo, que todos nós vemos todos os dias - principalmente através das redes de comuniçações (MEO, Cabovisão, etc) que estão sempre a tentar "roubar" clientes uns aos outros.

Nas vendas geralmente não se fala mal dos concorrentes, investe-se em publicidade e propaganda.

Mas assim é mais fácil, com um copy/paste da mensagem (alterando pouco mais do que o nome do site) contacta-se muitos potenciais clientes sem custos.

E melhor até porque estes já se sabe que investem na web, é mais fácil faze-los mudar do que convencer quem ainda não tem um site.

Cada vez me convenço mais que estamos no mundo do vale tudo para ganhar uns trocos, ética e honestidade em vez de qualidade serão antes um defeito.

 
Citar
Se me acontecesse a um site dos meus clientes claro que não gostava (pois colocaria o meu serviço em cheque), mas reparem: a entidade em causa não teria motivos para entrar em contacto caso o sistema estivesse actualizado. E se o cliente entrou em contacto em pânico, é pq se calhar está a pagar por um serviço que não vê cumprido ou se não é assim, a resposta tb é simples: fazer a actualilzação e cobrar pelo serviço.
Mostra o teu portefólio que alguém há-de tratar de convencer os teus clientes que estão mal servidos. Se não está actualizado, é porque não está actualizado. Se trabalhas em joomla, eu digo que é melhor wp, trabalhas com wp eu digo que é melhor uma coisa qualquer. Afinal são apenas desculpas.

O meu comentário para quer quer entrar no webdesign:

Se queres clientes investe em publicidade ou em optimização (a alternativa que não ataca a concorrência)
Offline

spec 
Elite
Mensagens 989 Gostos 1
Feedback +2

Troféus totais: 28
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

Não me leves a mal, mas não acho que seja assim tão sem escrúpulos... se leres bem o mail da made2web, não é assim tão descabido, é normal que tenha assustado o teu cliente, mas é verdade, os updates das plataformas de CMS trazem correcções a nível de segurança.

Também sou especialista em "ferver em pouca agua" (se é que me entendes), mas nestes casos deves responder com elegância, não devias ter respondido assim, agradecias a preocupação e pedias para não voltarem a importunar os teus clientes.



Se queres um negócio transparente, explicas aos teus clientes que é normal receber mails alarmistas e que apesar de ser verdade, é apenas meia verdade, não é assim tão simples como a made2web explicou...





O mercado da segurança web em Portugal é baixíssimo, em Espanha, na Inglaterra, Estados Unidos, etc... há muitas empresas de consultadoria ao nível de segurança e é normalíssimo enviarem mails com "meios" relatórios, mensagens de aviso...

É normal, não é falta de ética nem acho que seja moralmente condenável.
Offline

cjseven 
Administrador
Mensagens 1809 Gostos 26
Feedback +3

Troféus totais: 28
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2 Level 1 1000 Posts

Nas vendas geralmente não se fala mal dos concorrentes, investe-se em publicidade e propaganda.

Mas assim é mais fácil, com um copy/paste da mensagem (alterando pouco mais do que o nome do site) contacta-se muitos potenciais clientes sem custos.

E melhor até porque estes já se sabe que investem na web, é mais fácil faze-los mudar do que convencer quem ainda não tem um site.

Cada vez me convenço mais que estamos no mundo do vale tudo para ganhar uns trocos, ética e honestidade em vez de qualidade serão antes um defeito.

  Mostra o teu portefólio que alguém há-de tratar de convencer os teus clientes que estão mal servidos. Se não está actualizado, é porque não está actualizado. Se trabalhas em joomla, eu digo que é melhor wp, trabalhas com wp eu digo que é melhor uma coisa qualquer. Afinal são apenas desculpas.

O meu comentário para quer quer entrar no webdesign:

Se queres clientes investe em publicidade ou em optimização (a alternativa que não ataca a concorrência)

Geralmente não se fala mal da concorrência mas basta procurar no youtube e encontram-se verdadeiras batalhas oficiais entre pepsi vs coca cola, microsoft vs apple, etc.

De qualquer forma, neste caso exposto aqui, não se trata de falar mal da concorrência: A meu ver tratou-se de analisar sites de potenciais clientes e "alertá-los" para uma determinada situação, com vista, obviamente, à obtenção de mais um ciente.

Eu farto-me de receber telefonemas do MEO, cabovisão e outros oferecendo sempre outras condições. Será isto não ético?! Ou mercado livre onde os prestadores de serviços contactam consumidores de determinados serviços a fim de os conquistar?

Acho que não vale a pena entrar na ideia de que o mundo é imperfeito (todos sabemos bem que o é, e o mundo dos negócios ainda mais) e de que as pessoas não têm escrúpulos. Fazer isso é tornarmo-nos permeáveis a estas situações - e posteriormente defendermo-nos com a (falta) de ética dos outros.

Atacar a concorrência é algo de positivo e não negativo - optimizar um site para obter melhores resultados nos motores de busca tb é atacar a concorrência.

Como disse antes, tb não sou apologista desta técnica agressiva principalmente neste mercado onde ainda existem muitas oportunidades. Por outro lado, é um teste ao próprio cliente e à sua fidelidade. Se ele mudar agora, mais tarde ou mais cedo mudaria na mesma.
Offline

Jerson 
Elite
Mensagens 2401 Gostos 0
Troféus totais: 28
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2

Não foi assim tão sem escrúpulos, há casos piores a quem ninguém liga patavina que esses sim são completamente sem escrúpulos.
Offline

Nuno77 
Membro
Mensagens 210 Gostos 3
Feedback +4

Troféus totais: 27
Trófeus: (Ver todos)
Level 5 Tenth year Anniversary Nineth year Anniversary Apple User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 4 Level 3

Atacar a concorrência é algo de positivo e não negativo - optimizar um site para obter melhores resultados nos motores de busca tb é atacar a concorrência.
Desta gostei imenso.

Se investires em publicidade também estás a atacar a concorrência!
Tu investes em adwords, eles não.

Ainda sobre a ética: já fiz coisas pouco éticas, mas não é por isso que não tento melhorar dia para dia, revendo posições e acções.

A competição só é boa quando é saudável.
Offline

Rogerio 
Elite
Mensagens 198 Gostos 0
Troféus totais: 25
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Poll Starter Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

Boas...

Concordo plenamente com cjseven, xaman e spec, esse tipo de marketing é de pratica comum e ético, a dita empresa made2web esta a procura de clientes e não do cliente do mazza, aconteceu nesse caso do prospect ser cliente do mazza que levou para o lado pessoal entendendo que estavam a querer "roubar" o cliente.

Se eu vendo pepsi, nada me impede de entrar num café que vende coca-cola e oferecer pespi, quem estudou marketing sabe o quanto é importante conhecer a concorrência e explorar as possiveis falhas.

Esse tipo de marketing mostra que tem pessoas/empresas que ao invés de reclamar que o mercado esta mal, esta trabalhando para melhorar, e isso é muito bom para Portugal, quanto mais empresas trabalharem de forma activa maior é o nivel profissional exigido, sem concorrência o mercado não cresce e os trabalhos são mediocres (não falo de ninguem em especial).

Muitas vezes quando temos um cliente nos sentimos "garantidos" e não nos preocupamos em oferecer cada vez mais e melhor para os nossos clientes, geralmente fazemos uma ou outra coisa apenas quando nos pedem. O que é errado, deviamos tratar cada cliente como se fosse o único e que nossa vida dependesse dele, se trabalharmos assim, não precisamos ter medo de nada nem de ninguem.

Uma solução para evitar isso é não deixar buracos no cliente, nesse caso do mazza, a atualização (não percebo nada do joomla e nem sei se é grave ou não) para uma versão recente não seria "motivo" para o tal emal.

Em outras palavras não dê motivos para a concorrência.

fica bem :)
Offline

cjseven 
Administrador
Mensagens 1809 Gostos 26
Feedback +3

Troféus totais: 28
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2 Level 1 1000 Posts

Desta gostei imenso.

Se investires em publicidade também estás a atacar a concorrência!
Tu investes em adwords, eles não.

Ainda sobre a ética: já fiz coisas pouco éticas, mas não é por isso que não tento melhorar dia para dia, revendo posições e acções.

A competição só é boa quando é saudável.


:) Não estava a ser irónico. O próprio exemplo que deste é tb atacar a concorrência.

(vamos lá interpretar atacar como competir num mercado)

Quanto ao comentário sobre ética, completamente de acrodo. que atire a primeira pedra...

"Competição só é boa quando é saudável" a mim não me diz nada porque o conceito de saudável é muito relativo.

Por outro lado, essa frase é muito interessante quando o mercado o permite e houver espaço para crescer para muitos players.

Se o que estiver em jogo for a liderança e a conquista de quota de mercado que coloque em causa a sustentabilidade  e o crescimento das empresas, venham lá a competência saudável...

A competição no mundo dos negócios (e não quero armar-me em guru ou especialista) é sempre saudável desde que haja risco e possibilidade de empresas irem pelo cano abaixo e surgirem outras novas a ocupar-lhe o lugar.

Infelizmente, em Portugal, e países pseudo socilaistas, alimentame-se empresas através de subsdidios para adiar a sua morte anunciada, distorcendo totalmente a ideia de competição e mercado livre. E são tantos os casos...

Eu sou a favor do mercado livre e podem entrar em contacto com os meus clientes. Se os conseguirem conquistar, o problema não está neles, nem no conquistador - está em mim e nos meus serviços. Se nãõ conseguir sobreviver, abro falência e faço me à vida (ai não, como estámos na era da subsídio dependendcia, atiro me para o rendimento de inserção e passo a tarde no café a queixar-me de como a concorrência feroz roubou-me os clientes, isto sim, tipicamente tuga). >> agora estou a ser irónico! ;)

abraço e força FCP! :D