← Arquivo

Guia de iniciantes para ganhar dinheiro na internet

Lida 2859 vezes

Offline

Diogo Pinto 
Administrador
Mensagens 4400 Gostos 371
Feedback +4

Troféus totais: 37
Trófeus: (Ver todos)
Avatar Search Level 6 Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes

Guia de iniciantes para ganhar dinheiro com a internet

0. Introdução

Antes de iniciar este tópico devo dizer-vos de forma clara e objectiva algumas coisas acerca deste guia:

• Foi totalmente realizado a partir dos meus conhecimentos e testes em casa com pequenos investimentos meus;
• Não vos fará enriquecer na internet de forma alguma, acreditem em mim. Se chegarem ao fim do mês e puderem pagar um copo ao vizinho, dêem-se por contentes;
• Este guia resultou comigo. Pode não funcionar convosco. Foi feito por um iniciante, para iniciantes;
• Não é um ebook pago, apenas uma maneira de vos divulgar alguma informação gratuita. Já faz falta em português;
• Os sites criados na realização deste ebook não contribuíram para o aumento de “junk” na internet. O conteúdo é único, com informação útil e interessante;
• Se não querem investir, podem fechar a página. Contem pelo menos os gastos em domínios e em alojamento.

Pronto. Chega de conversa da treta e vamos passar ao que realmente importa. Para começar irei divulgar alguns dados relativos à minha conta de adsense num domingo (dia que geralmente converte mal). Acreditem numa coisa que vos vou dizer: isto requer trabalho. Comecei a aplicar o método que vos divulgo há dois meses e finalmente os ganhos começam a cair. Mas dedico um mínimo de duas horas diárias para conseguir chegar a este ponto.
Reforço que escrevo este guia por “amor à camisola”. Quando comecei poucas foram as pessoas que me ajudaram e lá me vi eu mal parado. Os ganhos pareciam não arrancar. Se soubesse o que sei ou se houvesse alguém para ajudar, seria tudo mais fácil.

1. Dados estatísticos do autor
 


Nesta pequena imagem podem ver o seguinte: um pequeno website, com cinco páginas de conteúdo de qualidade e informativo que recebe cerca de cinco ou seis visitas por dia. O template do website (em wordpress) tem um elevado CTR e o nicho em que o website está inserido tem um alto valor em clicks. Com esta pequena prova posso dizer-vos apenas umas coisas: esqueçam sites com conteúdo duplicado ou pouco relevante; lembrem-se que grão a grão enche a galinha o papo; grandes quantidades de tráfego não significam grandes ganhos ao fim do dia. Não queiram enganar o sistema ou acelerar o processo. Se tiverem boas fontes de informação e boa qualidade de escrita é meio caminho andado para o sucesso.


2. O que preciso para começar

Como disse em cima, existem pequenas coisas fundamentais para ganhar dinheiro na internet. Ou melhor, para ganhar uns “trocos”. Volto a reforçar. Com websites deste género dificilmente conseguirão angariar grandes quantidades de dinheiro. Mas ficam aqui algo que necessitam para começar neste mundo:
• Tempo;
• Investimento inicial para domínios e alojamento de qualidade;
• Paciência para ser indexado nos motores de busca;
• Conhecimentos básicos de wordpress  (ver guia no blog);
• Conhecimento e boas capacidades de escrita.

Neste guia baseei-me no Google Adsense para converter visitas em dinheiro. Existem imensas outras plataformas capazes de o fazer. Para isso, o fórum contém uma secção de sponsors repleta de informação e de plataformas de qualidade, com o devido feedback. Se querem seguir este guia, recomendo uma conta de Google Adsense.

3. A escolha do assunto

Sabem aqueles blogs que vos enganam e que vos dizem que vão conseguir ganhar milhares de euros ao fim do mês? Sim, esses mesmos. Eles gostam de divulgar ferramentas pagas para ganharem dinheiro que vos irá aumentar o investimento inicial que por vezes não dispõem e que vos irá gastar tempo ao fazer-vos inteirar acerca dos softwares. Mas como ultrapassar esse tempo perdido e dinheiro mal gasto (para iniciados)?
Tenho uma sugestão: escrevam sobre o que gostam! No meu caso eu escrevi essencialmente sobre campos dos quais estou completamente inteirado e sobre os quais amo escrever:

• Animais, especialmente cães;
• Casamentos;
• Investigações;
• Softwares.

Os websites nos quais deposito esperanças de ganhar dinheiro baseiam-se essencialmente nos temas supracitados. São temas que gosto, sobre os quais tenho experiência e domino. Nada de escrever sobre coisas que nunca ouvi falar.

4. Um website ou milhares de websites?

Existe também aquela tendência que as pessoas têm de divagar e ambicionar sempre mais. A essas pessoas que lêem este guia apenas peço que reflictam e concluam: preferem um pássaro na mão ou dois a voar? Por outras palavras, não acham melhor ter poucos websites que reflictam bons ganhos e que estejam bem consolidados ou dezenas de websites, que apenas se traduzem em dinheiro gasto e tempo perdido e que no fim acabam por não ter conteúdo de qualidade ou backlinks.
Na minha opinião, que vale o que vale, acho que devem começar por baixo e ir aumentando o reportório aos poucos. Como já disse, grão a grão enche a galinha o papo.

5. Princípios e conceitos básicos

Neste ponto irei dar a conhecer todos os princípios básicos e conceitos básicos que necessitam para ganhar dinheiro na internet. Ou seja, de uma forma reduzida e rápida, o que precisam de saber acerca dos termos técnicos.
Para começar precisam de criar um website com conteúdo único e de qualidade. Muitos dizem que o conteúdo é essencial e eu concordo completamente. O conteúdo, reforço, precisa de ser legível por qualquer utilizador, não ter erros ortográficos e precisa ser de qualidade e informativo. Depois do conteúdo precisamos que o nosso website apareça no Google e em outros mecanismos de pesquisa. Para isso precisamos que vários websites tenham “um caminho para a nossa ilha”, os links. Os links em sites já indexados no Google fazem com que este chegue ao nosso website, permitindo a sua indexação. Ao estarmos bem indexados no Google obtemos mais visitas orgânicas, logo, obtemos mais dinheiro ao fim do dia na nossa conta.


 
Quase de certeza que existem termos acima que desconhecem, como tal vou passar a explicar:
• Backlinks – hiperligações com texto âncora com as keywords essenciais relativas ao nosso website;
• Texto âncora – texto que contém o link para o nosso website;
• Keywords – Palavras chaves que os visitantes escrevem nos motores de busca para chegar ao nosso website;
• Indexação nos motores de busca – Ser listado nos motores de pesquisa para várias keywords;
• Visitas orgânicas – Visitas não forçadas ao nosso website, que provêm de motores de busca, etc;
• CTR – Percentagem que revela quantas das nossas visitas clicam nos anúncios;
• SERPS – Páginas de resultados do google após pesquisarem por algo;
• SE – Search Engine, motor de pesquisa;
• SEO – Search Engine Optimization, optimização para motores de busca;
• Black Hat SEO – técnicas manipuladoras para indexação de um website (vão contra as guidelines do google) que acabam por penalizar um website a curto/médio prazo;
• White Hat SEO – técnicas vistas com bons olhos para o Google. Não penalizam os websites nas SERPs;
• Spiders – Bots dos SEs que vão parar ao website por meio de backlinks, que contribuem para a indexação do vosso website;

Estes são os conceitos básicos que irão ser expremidos ao longo do resto do guia.

6. Plataformas para a criação do website

Para seguirem este guia necessitam de ter bons conhecimentos de wordpress, pois irá ser nele que me vou basear para vos indicar os primeiros passos para criação de um website optimizado para os motores de busca com um template com alto CTR.
Partindo do princípio que já têm um wordpress instalado no vosso servidor, eis aqui a lista de plugins a utilizar:

• All in one SEO pack – optimiza a tag title e description do vosso website automaticamente;
• Google Sitemap Generator – cria de forma fácil e automática sitemaps;
• Whydowork Adsense – permite a colocação de anúncios nos posts.

Leiam os “Read me” dos plugins para instalarem e verem como utilizar. São todos muito intuitivos e as definições “default” resultaram para mim.
Para um template com alto CTR recomendo o K2 Framework e o Prosense. Neste último recomendo que utilizem apenas um bloco de adsense, mas já vamos chegar a isso mais tarde.
Não me vou estender muito mais neste assunto, parto do princípio que percebem o mínimo de wordpress. Se não percebem, o blog contém muita informação útil acerca disto.

7. Domínios a utilizar

Se querem ganhar algum, esqueçam os subdomínios. Pela minha experiência é muito pior: se um site é prejudicado no Google, por exemplo, todos os outros vão ser por pertencerem ao mesmo domínio principal.
Optem por um domínio “top level”, ou seja com extensão própria: .com, .net, .info, .org. Não existe um consenso acerca de qual será melhor utilizar para verem o website melhor colocado no topo das SERPS, eu pessoalmente tenho até melhor experiências com .info do que .com. Mas cada caso é um caso, apenas quero dizer que podem optar por qualquer extensão, fica ao vosso critério.
O domínio deve conter as keywords relativas ao tema. Por exemplo, querem escrever um site sobre penteados e cabeleireiros, optem por um domínio do género: cabeleireirosepenteados.com  ou penteadosdecabeleireiros.com. O comprimento do domínio acaba por não ter grande influência. Quanto ao uso de hífens, abstenho-me de tecer comentários porque nunca recorri a eles. Recorrem por vossa conta e risco.

8. Como apareço no Google e outros SEs?

Esta tarefa é a mais complicada para os iniciantes. Querem aparecer no Google mas parece tudo ser tão difícil. Mas não desesperem, pois a paciência é a chave. Ou melhor, as chaves são: conteúdo, backlinks e paciência.
Existem passos básicos para o seu Google aparecer listado no Google. Comece por ver se ele já está ou não indexado. Pesquisa no Google por “site:oseudominio.com”. O número de resultados indica o número de páginas que o googlebot já visitou e já adicionou ao seu indíce de pesquisa. Agora existe o trabalho de optimização para levar as keywords principais para primeiro lugar, mas deixemos isso para depois.

Como dizia, se o seu website não aparece no Google, comece por fazer alguns passos básicos:
• Registe-se no Google Webmaster Tools;
• No wordpress crie e actualize o seu sitemap com o “Google Sitemap Generator”;
• Submeta, após validação do website, o sitemap no Google Webmaster Tools;
• Faça troca de links com outros sites (este método é mau a longo prazo, pois vai contra as guidelines do Google);
• Tente gerar backlinks de forma orgânica (chegamos a isso mais tarde);
• Tenha muita paciência.
 


Este é um processo demorado, embora existem técnicas que acelerem os processos. Estas técnicas podem ser encaradas como “Black Hat” (formas que manipulam a indexação no Google e que penalizam o site a curto/médio prazo).
Vamos expremer isto mais um pouco? Como gero conteúdo de qualidade?

9. Como crio conteúdo de qualidade?

Para o fazeres tens de no mínimo: saber do que estás a falar e ter boas capacidades de escrita da língua em questão. Se não tens nenhuma das duas mais vale encomendares a uma empresa de produção de conteúdo. A Web já se encontra cheia de lixo, não queiras contribuir para esse lixo.
Para escreveres conteúdo de qualidade, para que os Ses te vejam com bons olhos:

• Nunca copies. Mesmo que coloques a fonte.
• Utiliza uma linguagem correcta e acessível. Nada de termos técnicos. Se os tiveres de utilizar recorre a um glossário de conceitos.
• Não escrevas para o Google. Escreve para os teus visitantes. Eles, e os SEs, agradecem.
• Não abuses das keywords. Num texto de 200 palavras sobre “candeeiros ikea” não vais recorrer a esta keyword 100 vezes. Recorre a keywords em menos de 8% do texto (num texto sobre os tais “candeeiros ikea” com as tais 200 palavras, tenta utilizar cerca de 4 ou 5 vezes essas keywords).
• Nada de smileys, cores, etc. Perdes a credibilidade toda.
Algumas dicas acerca de como escrever textos de qualidade, reduzidos a uma pirâmide.



9.1 Optimizar os títulos para os SEs

Aqui ainda não começo a falar de SEO on-page (revelado mais tarde). Aqui, falo apenas de como optimizar os títulos dos artigos para que cheguem a uma boa posição no Google para as keywords desejadas (em conjunto com um bom trabalho de optimização off-site – mais tarde). Não existe muito a dizer, mas tenham em atenção uma coisa que já foi dita acima: não escrevam para os SEs, escrevam para os vossos visitantes.

• A keyword deve estar contida no título, mas de uma forma natural. Se não combina no título, então optem por outro ou não coloquem de todo.
• Nada de títulos compridos apenas para abranger mais keywords.
• Títulos escritos para os visitantes, nunca para os SEs.
• Não repita as keywords. Tente utilizar apenas uma vez

Para vos explicar melhor a distinção entre um bom título, optimizado para os SEs, e um mau título, aqui fica em baixo (pegando no exemplo dos candeeiros IKEA):
Mau título: “Os candeeiros IKEA mais baratos do IKEA e onde comprar os candeeiros baratos”
Bom título: “Onde comprar candeeiros IKEA baratos”
O mau título pode parecer disparatado, o que é, mas para abranger mais keywords as pessoas por vezes optam por adicionar maus títulos que infringem as “regras” da lista acima.

9.2 Long tail e short tail keywords

Antes de começar a explicar quais as melhores, fiquem a saber o conceito de cada uma:
• Long tail keywords são keywords constituídas por várias palavras e não apenas uma só. Por exemplo: “candeeiros ikea baratos”
• Short tail keywords são constituídas por apenas uma palavra. Por exemplo: “candeeiros”

Mas qual a melhor? Long ou short tail keywords? Se o vosso objectivo é exclusivamente ganhar dinheiro com um site com visitantes provenientes dos motores de pesquisa, então o melhor é mesmo optarem pelas long tail keywords. Isto porquê? Porque quase todas as short keywords com pesquisas em Portugal (e não só) já se encontram sobre exploradas com imensa concorrência nos motores de pesquisa. Como tal, na minha opinião, escrevam para um mercado mais reduzido, optem pelas long tail keywords.

10 Abrir caminho para a ilha – construção de backlinks

Já sabem que tipo de website criar, já sabem criar conteúdo de qualidade e já sabem de que assunto falar. Agora falta abrir caminho para a ilha, que é o vosso website. Para isso é necessário criar backlinks, para que o Google e outros SEs comecem a visitar e a indexar o nosso website. (ver ponto 9)
Como já disse, neste guia vou apenas divulgar técnicas de SEO white hat (vejam o conceito em cima). Existem diversas formas de construir caminhos para o website. Vou começar a explicar cada uma e como podem começar a abrir caminho.

10.1 Conceito de link juice - links follow vs nofollow

Os backlinks para os vossos websites transportam algumas coisas: podem transportar pagerank e indicam o caminho aos SEs para chegar ao vosso website. Isto é o link juice. Quanto maior a importância de um website, ao linkar para outro website, maior será o link juice. O vosso objectivo inicial é ter o máximo de link juice possível.
Mas existem formas de os links não enviarem essas informações para o vosso website. Para não esgotar o seu poder, muitos websites colocam no seu código de HTML uma propriedade para não transmitirem as informações vitais:
Citar
“rel=’nofollow’”
Isto faz com que as informações como o Pagerank não sejam transmitidas. No entanto, os spiders seguem na mesma os links até ao vosso website, permitindo a indexação. Mas numa fase inicial isso não importa, vocês querem é gerar tráfego, mas também querem alguns links que transmitam esse “sumo” importante. Vejam como o fazer.



Em construção... Como vos disse, é de um leigo para leigos, se vocês preferirem, abstenho-me de continuar a escrever este guia... Apago-o já :) Apenas acho que é uma boa forma de chamar pessoal menos experiente, pois comecei exactamente do zero, com quase ninguém a ajudar (grande Rui Augusto, o quase é por tua causa :) )
Offline

asturmas 
Administrador
Mensagens 19734 Gostos 49
Feedback +2

Troféus totais: 39
Trófeus: (Ver todos)
Mobile User Windows User Super Combination Combination Topic Starter 100 Poll Votes 50 Poll Votes 10 Poll Votes Poll Voter Poll Starter

Parece me muito mas muito bom! Continua
Offline

Rogerio 
Elite
Mensagens 198 Gostos 0
Troféus totais: 25
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Poll Starter Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

Bravo :)  :ideia:

Parabens DiguiVirus, gostei mesmo da idéia, se quiser, pode ainda fazer um estudo de caso, do tipo passo-a-passo desde a escolha do nicho, dominio, template, etc, se quiser posso ajudar, tenho algumas idéias que até podem resultar e utilizar como estudo de caso....


fica bem




Offline

Diogo Pinto 
Administrador
Mensagens 4400 Gostos 371
Feedback +4

Troféus totais: 37
Trófeus: (Ver todos)
Avatar Search Level 6 Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes

Obrigado asturmas...

Rogério, isso era realmente muito bom. Até pode ser que o Nuno pegue nisto e faça alguma coisa mais... Mas como disse, isto não passam de conhecimentos adquiridos com muitos testes.. Se se pudesse fazer um estudo do caso, era excelente :) Ultimamente muita gente se tem interessado por esta área e no +t não há nada específico.

Um abraço
Offline

Diogo Pinto 
Administrador
Mensagens 4400 Gostos 371
Feedback +4

Troféus totais: 37
Trófeus: (Ver todos)
Avatar Search Level 6 Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes

Adicionados pontos 8 e 9... Se quiserem contribuir com algum conhecimento amigos, agradeço :)
Offline

rtbfreitas 
Equipa
Mensagens 1497 Gostos 9
Feedback +24

Troféus totais: 30
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Apple User Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Poll Starter Level 5 Level 4

É isso mesmo Diogo, está a ficar muito bom, qualquer coisa que precises vai dizendo, os meus parabéns e continua o bom trabalho :)
Offline

Carlos Gandra 
Administrador
Mensagens 3081 Gostos 97
Feedback +1

Troféus totais: 34
Trófeus: (Ver todos)
Level 6 Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes Poll Voter Poll Starter Level 5 Level 4

Assim dá gosto! Excelente :)
Offline

Diogo Pinto 
Administrador
Mensagens 4400 Gostos 371
Feedback +4

Troféus totais: 37
Trófeus: (Ver todos)
Avatar Search Level 6 Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes

9.1 + 9.2 + 10 + 10.1 Adicionados...

Pedia aos mais expert opiniões, e correcção aos conceitos errados :)

Abraço
Offline

Rogerio 
Elite
Mensagens 198 Gostos 0
Troféus totais: 25
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Poll Starter Level 4 Level 3 Level 2 Level 1


10.1 Conceito de link juice - links follow vs nofollow
Os backlinks para os vossos websites transportam algumas coisas: podem transportar pagerank e indicam o caminho aos SEs para chegar ao vosso website. Isto é o link juice. Quanto maior a importância de um website, ao linkar para outro website, maior será o link juice. O vosso objectivo inicial é ter o máximo de link juice possível.
Mas existem formas de os links não enviarem essas informações para o vosso website. Para não esgotar o seu poder, muitos websites colocam no seu código de HTML uma propriedade para não transmitirem as informações vitais:Isto faz com que as informações como o Pagerank não sejam transmitidas. Mas numa fase inicial isso não importa. Vocês querem é gerar tráfego, mas também querem alguns links que transmitam esse “sumo” importante. Pode dizer-se que os links nofollow são cegos para os SEs. Saibam como gerar links follow e nofollow nos pontos a seguir.



Wow.... isso esta ficando cada vez melhor...

Li rapidamente (na diagonal) e aqui no final algo me chamou a atenção, penso que existe um conceito errado em relação a tag "no follow" que pode ser enganador, mas isso é culpa do criador do conceito, ficaria muito mais claro para nós se o nome da tag fosse "no rank" ao invés de "no follow", isso porque o facto de um link possuir a tag "no follow" quer dizer que não ira passar pagerank, mas o robot irá seguir e indexar normalmente, a prova disso é que você consegue ter um site indexado rapidamente apenas a fazer comentários em blogs com PR alto (PR alto geralmente significa mais visitas dos spiders).

Mas esta muito bom mesmo, continua :)
Offline

Diogo Pinto 
Administrador
Mensagens 4400 Gostos 371
Feedback +4

Troféus totais: 37
Trófeus: (Ver todos)
Avatar Search Level 6 Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes

Obrigado pelo esclarecimento Rogério! Tenho então de corrigir isso, porque não sabia que era assim... :)

Abraço ;)
Offline

Nuno 
Administrador
Mensagens 7780 Gostos 216
Feedback +2

Troféus totais: 42
Trófeus: (Ver todos)
100 Poll Votes Level 7 Search Mobile User Level 6 Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes

Wow.... isso esta ficando cada vez melhor...

Li rapidamente (na diagonal) e aqui no final algo me chamou a atenção, penso que existe um conceito errado em relação a tag "no follow" que pode ser enganador, mas isso é culpa do criador do conceito, ficaria muito mais claro para nós se o nome da tag fosse "no rank" ao invés de "no follow", isso porque o facto de um link possuir a tag "no follow" quer dizer que não ira passar pagerank, mas o robot irá seguir e indexar normalmente, a prova disso é que você consegue ter um site indexado rapidamente apenas a fazer comentários em blogs com PR alto (PR alto geralmente significa mais visitas dos spiders).

Mas esta muito bom mesmo, continua :)


Nunca testei isso na prática. Mas tens a certeza disso... Não faz muito sentido um link nofollow contribuir para o rank se não ganha rank.
Offline

Rogerio 
Elite
Mensagens 198 Gostos 0
Troféus totais: 25
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Poll Starter Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

Não faz muito sentido um link nofollow contribuir para o rank se não ganha rank.

Acho que expressei mal, queria dizer que não contribui para o "Page Rank", uma tag "no folow" significa que o link não "vota" para o site e não altera o "pagerank"...

Nunca testei isso na prática. Mas tens a certeza disso...

Tenho a certeza que quando o spider encontra um link "no follow" o spider "segue" e indexa o tal site, obviamente se tiver muitos, mas muitos links, mesmo que "no follow" tambem ajuda no "rank" mas nunca no "page rank".



fonte:http://en.wikipedia.org/wiki/Nofollow

tenho que encontrar um link onde tinha a explicação do conceito e de como funciona o "no follow" pelo Matt Cutts
Offline

Rogerio 
Elite
Mensagens 198 Gostos 0
Troféus totais: 25
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Poll Starter Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

Estudo de Caso....

Bem, como disse anteriormente, gostaria de criar um estudo de caso com base nas informações do Diguivirus, o problema é que o estudo de caso saiu melhor do que o esperado e agora virou um site rentavel e não sei se devo divulgar o site...

O site foi criado com base no post do Diguivirus,criei um domínio com duas keywords(juntas) extensão .net  o .com esta registrado e parqueado(se é que essa palavra existe) o .org ainda esta disponivel.

O publico alvo é o mercado português
Criei uma outra conta adsense para o estudo de caso
Registrei o dominio no godaddy e o host é um host barato em portugal.
Instalei o wordpress em português-pt
Instalei os plugins básicos
Instalei um template free com alguma optimização para adsense
Criei uma conta no Facebook/twitter/google webmaster tools
Comprei 20 artigos para publicar no site (publicado 1 por dia)
Criei alguns backlinks através de cometários e redes sociais

e neste mês(Janeiro) o site em questão já se encontrava na primeira página com alguns resultados interessantes mas nada fora do vulgar, o que aonteceu é que no dia 24/Janeiro o site foi para o primeiro lugar e os resultados com o adsense saltou de £1/dia (o que não é mal) para £30/dia e manteve uma média de £20/dia nos dois dias seguintes.....

Fiquei surpreso pelo resultado pois nunca tinha feito nada para o mercado português, e não sei até quando irá manter essa média(acredito que não por muito tempo).

Deixo aqui o anaytics e o adsense para análise







Vou criar um outro site para estudo de caso a sério e detalhado(desde a escolha do nicho até a criação dos backlinks), com o objetivo de atingir 1euro/dia , e estava pensando em oferecer esse mesmo site num concurso qualquer do +T, ou utilizar apenas como modelo para as pessoas estudarem os resultados... o que vocês acham?

Ou ainda podemos convidar as empresas de host e/ou freelancers(escritores/designers) a participarem em troca de divulgação, é válido?


:)
Offline

Diogo Pinto 
Administrador
Mensagens 4400 Gostos 371
Feedback +4

Troféus totais: 37
Trófeus: (Ver todos)
Avatar Search Level 6 Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes

Meu deus Rogério, grandes resultados... Nunca consegui valores diários tão altos com apenas um site.

Mas aqui entre nós, poderias divulgar o site... hehehe. ;) Sei que o segredo é a alma do negócio, estou a brincar :P

Mas grandes estatísticas amigo, parabéns :D
Offline

Diogo Pinto 
Administrador
Mensagens 4400 Gostos 371
Feedback +4

Troféus totais: 37
Trófeus: (Ver todos)
Avatar Search Level 6 Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes

Rogério, gostaria de aproveitar para perguntar que redes sociais utilizaste, porque nunca utilizei esse método de links de redes sociais para pequenos sites... ;)

Abraço