← Projectos

Comunidade Portuguesa pela legalização da Canábis!!!

Lida 63032 vezes

Offline

Pop1985 
Membro
Mensagens 21 Gostos 0
Troféus totais: 20
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 4 Level 3 Level 2 Level 1 10 Posts First Post



A comunidade cannabis.com.pt é uma organização sem fins lucrativos que tem como principal meta a criação da primeira associação de apoio ao consumidor de canábis.
O consumo de canábis está a continuamente a aumentar no nosso país. Cada vez mais pessoas tem contacto com a canábis e seus derivados, e o seu uso pelas diferentes faixas etárias, diferentes raças e diferentes níveis sociais exige que se possa considerar consumidor de canábis qualquer adulto que se ache no direito de usufruir o efeito desta substância.
Actualmente, o consumidor de canábis é penalizado com contra-ordenações que podem ir desde sanções até imposições de medidas de acompanhamento pelo IDT. O cultivo desta planta é considerado tráfico. A posse de sementes desta planta ou a posse de gramagem superior às doses diárias tabeladas pela lei são consideradas tráfico.
O traficante é que regula este mercado. O traficante cria redes criminosas e vende sem restrições. O traficante não distingue drogas leves ou duras. E o crescente mercado de consumo de canábis português atrai a criminalidade.

É nesta realidade que o cannabis.com.pt pretende alertar para os perigos desta política de proibição com décadas e que nunca obteve resultados positivos. O consumo não só não desapareceu como aumentou, e a actual oferta é um mercado desregulado sem nenhum tipo de controlo sanitário ou imposto. Considerando o actual mercado uma ameaça de saúde pública, torna-se urgente aprovar legislação eficaz que permita o acesso de canábis com qualidade comprovada, controlada e taxada pelo Estado. Será esse o verdadeiro combate ao tráfico.

Mais importante, defendemos a possibilidade de serem aplicadas as capacidades terapêuticas e medicinais da canábis a qualquer doente que assim o solicite, sob supervisão médica.

Queremos questionar as razões que restringem fortemente a cultura do canhâmo, impondo condições de alto custo para a sua produção e processamento e protelando indefinidamente o seu licenciamento.
O canhâmo, um tipo de canábis com baixíssimos níveis de THC (o componente alucinatório da canábis) tem milhares de usos em diversas áreas. Sendo um produto orgânico, poderia ser utilizado em substituição de vários químicos maléficos para o ambiente. Também pode ser utilizado para o fabrico de papel de alta qualidade, evitando o corte de árvores para o efeito. É possível produzir biodiesel com canhâmo. E muitas outras aplicações.
Esta planta já foi cultivada intensamente no nosso país e sua fibra de elevada resistência era usada no fabrico de cordas e velas usadas nos Descobrimentos.

Como organização, pretendemos concentrar toda a informação sobre estas matérias, promover um debate construtivo e encontrar enquadramento legal para formar uma associação reconhecida oficialmente.
Associação essa que defenda o interesse de quem pretende um consumo de canábis informado e responsável, por parte de qualquer adulto consciente e mentalmente capaz.

Para atingir este objectivo toda a ajuda é bem vinda. Por ser ainda considerado um tema tabu e que divide a sociedade, achamos necessário um empenhamento de todos aqueles que consideram que este assunto interfere diariamente nas suas vidas. Seja consumidor ou não, cada cidadão é sistematicamente confrontado com esta substância nos mais diversos ambientes. É um fenómeno social já enraizado e que necessita de ser devidamente interpretado. Para bem dos jovens, da segurança e saúde pública e da economia devemos sensibilizar a população e tornar acessíveis factos e conceitos científicos comprovados que desmistificam noções pré concebidas impostas por anos de propaganda proibicionista.
É por isso que apelamos a cada um que tenha disponibilidade e vontade de participar num movimento social e evolutivo que contribua com o seu apoio, a sua opinião e o seu trabalho.
Todos temos competências em diversas áreas. O conhecimento em áreas como a informática, a tradução, o jornalismo, crónicas, logística, assessoria jurídica e outros temas são necessários neste nosso projecto. Mantendo um compromisso apartidário mas de honra e voluntariado, pretendemos colaboradores com consciência cívica e que se disponham a fazer crescer uma “luta” a favor desta liberdade individual que deverá ser assegurada de um modo funcional e regulado.

http://forum.cannabis.com.pt/
Offline

Celso Azevedo 
Membro
Mensagens 3500 Gostos 38
Feedback +12

Troféus totais: 30
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

Primeiro dizem isto:
Pretendemos em primeiro lugar a Legalização da Canábis para fins medicinais e recreativos ....

Depois isto:
.... Pretendemos também que a canábis passe a ser utilizada para fins medicinais, a actual lei já aceita o seu uso mas ...

Então querem legalizar uma coisa já legalizada ? E já agora, o que querem dizer com fins recreativos? Fumar só por fumar ?

Vá, diz lá, quando escreveste isso o que é que já tinhas fumado ?

Se o vosso objectivo fosse tentar recuperar pessoas para que parassem de consumir canabis ou incentivar a produção de medicamentos, tudo bem, agora legalizar? Querem tornar portugal num país de "pessoas nas nuvens" ?

Juntem-se ao bloco de esquerda  :lol:
Offline

Shaddz 
Membro
Mensagens 2324 Gostos 2
Feedback +9

Troféus totais: 29
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4

Primeiro dizem isto:
Depois isto:
Então querem legalizar uma coisa já legalizada ? E já agora, o que querem dizer com fins recreativos? Fumar só por fumar ?

Vá, diz lá, quando escreveste isso o que é que já tinhas fumado ?

Se o vosso objectivo fosse tentar recuperar pessoas para que parassem de consumir canabis ou incentivar a produção de medicamentos, tudo bem, agora legalizar? Querem tornar portugal num país de "pessoas nas nuvens" ?

Juntem-se ao bloco de esquerda  :lol:

realmente o texto está muito confuso, volta a escrever tudo de novo
Offline

Diogo Pinto 
Administrador
Mensagens 4400 Gostos 371
Feedback +4

Troféus totais: 37
Trófeus: (Ver todos)
Avatar Search Level 6 Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes

Oh celso, após ler isso pareces-me ser uma pessoa um bocado conservador demais, diria até "atrasada".

Dou-te o exemplo da holanda... Cannabis legalizada, população psicologicamente avançada...

Isto iria diminuir os delitos graves (venda de pequenas quantidades de droga) e consequentemente, menos dinheiro do estado a gastar quando estes vão dormir umas noites à prisão ou ser ouvidos a tribunal.
Offline

Celso Azevedo 
Membro
Mensagens 3500 Gostos 38
Feedback +12

Troféus totais: 30
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

Dou-te o exemplo da holanda... Cannabis legalizada, população psicologicamente avançada...
Prostitutas na rua, servidores cheios de conteúdos ilegais... até queriam permitir relações sexuais na rua, a frente de tudo e de todos :D

Sim, eu sei que as minhas ideias são um pouco conservadoras, mas acho que se querem fazer algo útil deviam de dar apoio aquém está viciado para tentar deixar isto...

Se aprovam isto daqui a uns tempos a cocaína é legal, assim como todas as outras drogas.

Mas já se sabe que nestes assuntos vão existir sempre opiniões contrarias... Eu por exemplo achei mal ser aprovada a lei do aborto (porque todos nós sabemos como nascem as pessoas), mas existem pessoas que apoiaram e acham bem. Se o governo distribuísse mais preservativos e pílulas e andassem mais pelas escolas, gastavam o mesmo e a população ficava mais bem informada sobre as coisas.

Neste caso penso o mesmo: Não se deve permitir que todos consumam. Se tiver que ser por causa de doenças, tudo bem, agora consumir só por consumir não.

Se a ideia for dar apoio a quem está viciado para que eles parem de consumir, aí têm todo o meu apoio! Agora fomentar o aparecimento de "lunaticos" que depois podem dar despesa ao estado por doenças (sim, a canabis nao faz bem) é melhor tar quieto.. (na minha opinião...)
Offline

Typhoon 
Membro
Mensagens 94 Gostos 0
Troféus totais: 22
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 4 Level 3 Level 2 Level 1 50 Posts 10 Posts

o que é que vocês andam a fumar?  :superlol: Epah aproveitem as promoções da TAP e vão dar a uma volta à Holanda pode ser que isso vos passe  :superlol:
Offline

Shaddz 
Membro
Mensagens 2324 Gostos 2
Feedback +9

Troféus totais: 29
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4

Prostitutas na rua, servidores cheios de conteúdos ilegais... até queriam permitir relações sexuais na rua, a frente de tudo e de todos :D

Sim, eu sei que as minhas ideias são um pouco conservadoras, mas acho que se querem fazer algo útil deviam de dar apoio aquém está viciado para tentar deixar isto...

Se aprovam isto daqui a uns tempos a cocaína é legal, assim como todas as outras drogas.

Mas já se sabe que nestes assuntos vão existir sempre opiniões contrarias... Eu por exemplo achei mal ser aprovada a lei do aborto (porque todos nós sabemos como nascem as pessoas), mas existem pessoas que apoiaram e acham bem. Se o governo distribuísse mais preservativos e pílulas e andassem mais pelas escolas, gastavam o mesmo e a população ficava mais bem informada sobre as coisas.

Neste caso penso o mesmo: Não se deve permitir que todos consumam. Se tiver que ser por causa de doenças, tudo bem, agora consumir só por consumir não.

Se a ideia for dar apoio a quem está viciado para que eles parem de consumir, aí têm todo o meu apoio! Agora fomentar o aparecimento de "lunaticos" que depois podem dar despesa ao estado por doenças (sim, a canabis nao faz bem) é melhor tar quieto.. (na minha opinião...)

cannabis não vicia acho eu, ou se vicia é muito pouco.
Offline

Celso Azevedo 
Membro
Mensagens 3500 Gostos 38
Feedback +12

Troféus totais: 30
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

cannabis não vicia acho eu, ou se vicia é muito pouco.
Não sei Shaddz, nunca investiguei nada sobre isso, mas normalmente se consumires uma coisa diariamente por exemplo, o corpo vai-se habituando as substancias e depois é vicio, porque para te sentires bem tens que consumir cada vez mais. (pelo menos é assim que acontece com medicamentos ou outras drogas)
Offline

Pedro Lopes 
Beta tester
Mensagens 3568 Gostos 18
Feedback +6

Troféus totais: 32
Trófeus: (Ver todos)
Level 6 Windows User Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3

cannabis não vicia acho eu, ou se vicia é muito pouco.


LOOL....

Tabaco vicia? E o que é? Erva...

E mesmo que não fosse erva, qualquer coisa vicia, até o sexo vicia, beber vicia, LOL, não tem nada a ver com o produto.

E não queiram comparar erva para Cocaína, é a mesma coisa que comparar vinho tinto,  para Vodka ou pior... LOL

Canábis podia ser legalizada para fins medicinais, não vejo o problema... Depois iria haver roubos aos centros médicos, mas isso já existe de uma maneira ou de outra por isso, sempre é melhor roubar canábis que ir roubar medicamentos pa veia que são 1000 vezes pior que o Canábis...

EDIT:
Não sei Shaddz, nunca investiguei nada sobre isso, mas normalmente se consumires uma coisa diariamente por exemplo, o corpo vai-se habituando as substancias e depois é vicio, porque para te sentires bem tens que consumir cada vez mais. (pelo menos é assim que acontece com medicamentos ou outras drogas)

Ai esta :)
Offline

tomassantos 
Membro
Mensagens 1061 Gostos 0
Feedback +1

Troféus totais: 26
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

Por mim podiam legalizar (não, não sou consumidor). Com algumas condições, claro.

Na minha opinião deveria ser assim:

Poderia-se fabricar, para consumo próprio, nunca para vender. Para vender, o material teria de ser certificado, e seria obrigatória declarar todas as vendas, o que com certeza agradaria o Estado.

E não seria legalizada o comércio externo do material, ou seja não se poderia levar para fora do país (só em pequenas quantidades, para consumo próprio e se o país em questão o permitisse),  e não poderia entrar no país.

Acho que isto iria acabar com o mundo obscuro, com o hashish cheio de porcaria.

Por outro lado, tirando o facto de ser necessário declarar ao Estado as vendas, o preço deveria descer, ficando mais acessível às pessoas, o que seria péssimo.
Offline

Shaddz 
Membro
Mensagens 2324 Gostos 2
Feedback +9

Troféus totais: 29
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4

LOOL....

Tabaco vicia? E o que é? Erva...

E mesmo que não fosse erva, qualquer coisa vicia, até o sexo vicia, beber vicia, LOL, não tem nada a ver com o produto.

E não queiram comparar erva para Cocaína, é a mesma coisa que comparar vinho tinto,  para Vodka ou pior... LOL



Vicia psicologicamente, fisicamente é menos que o tabaco.
Claro se beberes um copo de leite antes de dormir durante anos e anos, se não beberes achas estranho, mas nao venhas dizer que estas viciado ao leite.

O que provoca isto em termos de saúde, a resposta é nada:
"Alguns estudos defendem que o uso da cannabis provoca perda de concentração e memória a longo prazo (mais de 15 anos de uso, todos os dias, diminuiu essas aptidões em cerca de 2 a 3%)."
Offline

Pedro Lopes 
Beta tester
Mensagens 3568 Gostos 18
Feedback +6

Troféus totais: 32
Trófeus: (Ver todos)
Level 6 Windows User Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3

Vicia psicologicamente, fisicamente é menos que o tabaco.
Claro se beberes um copo de leite antes de dormir durante anos e anos, se não beberes achas estranho, mas nao venhas dizer que estas viciado ao leite.

O que provoca isto em termos de saúde, a resposta é nada:
"Alguns estudos defendem que o uso da cannabis provoca perda de concentração e memória a longo prazo (mais de 15 anos de uso, todos os dias, diminuiu essas aptidões em cerca de 2 a 3%)."

Vai ver o significado de viciado ao dicionário... :P

Não tem nada a ver com o produto! ;)
Offline

Celso Azevedo 
Membro
Mensagens 3500 Gostos 38
Feedback +12

Troféus totais: 30
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

@ tomassantos,
quem é que ia descontar e quem é que ia vender só em Portugal? Espanha é mesmo ao lado de Portugal...

Além de ser mau para a população, Portugal iria ter problemas com alguns países.

@ Shaddz,
não compares um copo de leite a drogas :P Uma coisa é beber um copo de leite durante 10 anos por exemplo, e outra é consumir droga durante 10 anos dia-a-dia.
Offline

Pedro Magalhães 
Membro
Mensagens 397 Gostos 0
Troféus totais: 23
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 4 Level 3 Level 2 Level 1 100 Posts

Tens todo o direito de defender essa causa, sinceramente não vejo porquê levantar problemas em relação ao tema.
É claro que mexe com o que fomos aprendendo ao longo da nossa vida, seja através dos nossos pais, familiares, amigos, media, líderes de opinião, etc. É um dos temas tabu na nossa sociedade, por isso deves ter muito cuidado na selecção da informação. Se queres fazer ver a tua razão sobre esta planta, fá-lo de forma digna, respeitosa e com credibilidade. Lembra-te que é 99% proibido em PT tudo o que seja relacionado com a promoção desta planta, por isso organiza muito bem o teu projecto. Já agora, não percebi bem, é uma Comunidade ou é uma Associação? Ou é uma remistura?! :)
Offline

Jerson 
Elite
Mensagens 2401 Gostos 0
Troféus totais: 28
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2

Bom relativamente ao projecto, sinceramente não me parece muito interessante nem muito bem concebido. Quando à relevância do tema, acho que discussão da legalização de drogas leves não é uma prioridade, até acho um pouco absurdo discutir isto quando há assuntos de maior importância. Parece-me mais uma guerra de adolescentes que decidiram lutar por uma causa. Na minha opinião há causas muito melhores e relevantes.