← Conversa Geral

O Mário Gamito matou-se

Lida 3264 vezes

Offline

MarKo 
Administrador
Mensagens 4609 Gostos 10
Feedback +1

Troféus totais: 36
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes Poll Voter 10 Polls Poll Starter Level 5

Cautela: O artigo que se segue, pode ferir susceptibilidades, sugiro mesmo que não seja lido.

Não gosto de humor negro e tenho muito respeito pela morte, aliás é o que mais respeito e é algo com que nunca brincaria. 

O Mário Gamito ter esperado que um comboio lhe passasse por cima é estranho, parece coisa de filme.

Estranho a noticia ter chegado tão rápido aos blogs, quem teve a frieza de "enviar uma mailing list" depois de uma morte?

Mais estranho é a família (Pai, Irmã, Primos) que tiveram o sangue frio de andar a "pesquisar blogues" para comentar e felicitar a "homenagem", ao invés de estarem a chorar a sua morte e a reflectir no que pode levar uma pessoa a suicidar-se. Não terão falhado em nada?

Quem me conhece já deve imaginar que também eu tive problemas com ele, nada de especial.

"Há enganos tão bem elaborados que seria uma estupidez não sermos enganados por eles."
Offline

BlueEagle 
Membro
Mensagens 2221 Gostos 1
Troféus totais: 31
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Poll Starter Level 5 Level 4 Level 3

Infelizmente não foi nenhum filme.
Para quem conhecia o Gamito, nem que apenas "online", foi um choque enorme, nada apontava para tal acontecimento.
A mailing list foi enviada pelo simples facto do Mario ter muitos amigos no PlanetGeek e ter passado grande parte da sua vida de trabalho em colaboração com eles, é normal que um homem que trabalhou no "online" português seja homenageado por tanto blog e tanto "desconhecido".

Offline

MarKo 
Administrador
Mensagens 4609 Gostos 10
Feedback +1

Troféus totais: 36
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes Poll Voter 10 Polls Poll Starter Level 5

Simon, claro que sim! Mas tudo tem um tempo e, foi tudo demasiado rápido, achas normal, um pai que perde um filho, andar a fazer comentários em tudo o que é blogues?

A homenagem é justa e merecida, apesar de nem todos serem amigos, como por certo deves saber.
Offline

raugusto 
Elite
Mensagens 3144 Gostos 33
Feedback +13

Troféus totais: 31
Trófeus: (Ver todos)
Level 6 Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2

cada um tem a sua opinião mas...

1. O planetgeek foi criado pelo Mario Gamito, é normal, que bloggers que foram convidados a integrar o agregador falassem e conhecessem o Mário. Normal também é o facto de se blogar sobre isso, ou por tributo ou porque razão seja, tu fizeste-o porque tiveste problemas com ele...E se acontecesse alguma coisa a quem está à frente ou criou o mais-trafego? eu blogava sobre isso, uma homenagem porque passei muito tempo no mais-trafego!

2. Antigamente não havia blogs. É normal que os familiares quando perdem alguém, que retribuam e agradeçam as manifestações de apreço e de pesames. Não acho nada de extraordinário. Escrever uma carta, devolver um telefonema, comentar num blog...ir ao twitter...sign of the times, lamento que um gajo da internet tenha uma mentalidade tão antiquada como tu.

3. Comentou-se para a mailinglist ou nos grupos do Google porque primeiro as pessoas souberam mas não sabiam detalhes do que se tinha passado. Parece-me normal..

Offline

Nuno 
Administrador
Mensagens 7780 Gostos 215
Feedback +2

Troféus totais: 42
Trófeus: (Ver todos)
100 Poll Votes Level 7 Search Mobile User Level 6 Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes

Epha são situaçãoes delicadas, eu por exemplo tentei escrever sobre isso e não consegui, e acho de uma tremenda coragem ou falta dela, quem escreveu sobre o assunto... Porque se vamos escrever sobre a morte de alguém, para escreverem um "rip", que foi a a maior parte dos posts que eu vi, mais vale irem à merda!
Offline

MarKo 
Administrador
Mensagens 4609 Gostos 10
Feedback +1

Troféus totais: 36
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes Poll Voter 10 Polls Poll Starter Level 5

Rui, repara no seguinte, não critiquei ninguém por blogar sobre o assunto. Realcei até em resposta ao primeiro comentário, que acho justo o tributo e a homenagem a alguém que deixou obra feita quer na internet quer no open source em Portugal.

A situação que me causa estranheza é a rapidez, com que toda a informação foi passada e comentada pelos familiares. Eu se perdesse um filho, não teria capacidade emocional, para pesquisar sobre a morte do meu filho na internet e agradecer os posts, pelo menos, não no imediato.

E até é provavel que esteja aqui o cerne da questão, será que as pessoas não estão a trocar a vida online pela offline?
Offline

raugusto 
Elite
Mensagens 3144 Gostos 33
Feedback +13

Troféus totais: 31
Trófeus: (Ver todos)
Level 6 Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2

não foi nada disso que escreveste no primeiro post.
O que creio que se passou é que há mais pessoas na familia que tem blogs, como um primo, é natural que isso tenha acontecido...não foi preciso pesquisar, porque onde as coisas apareceram foi no planetgeek...é normal...fundado por ele...









Offline

swing 
Membro
Mensagens 3121 Gostos 39
Feedback +13

Troféus totais: 32
Trófeus: (Ver todos)
Avatar Level 6 Linux User Mobile User Windows User Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 5

Mas o que se passou? Mas matou-se mesmo? Atirou-se para baixo de um comboio?
É um bocado estranho, pois so uma pessoa com graves problemas ou depressão iria fazer isso.
Offline

asturmas 
Administrador
Mensagens 19734 Gostos 49
Feedback +2

Troféus totais: 39
Trófeus: (Ver todos)
Mobile User Windows User Super Combination Combination Topic Starter 100 Poll Votes 50 Poll Votes 10 Poll Votes Poll Voter Poll Starter

Marko, sim realmente a noticia veio muito rapido.. isso leva me a pensar que secalhar a familia já sabia o que ele ia fazer e já estava preparada para tal...
Offline

Nuno 
Administrador
Mensagens 7780 Gostos 215
Feedback +2

Troféus totais: 42
Trófeus: (Ver todos)
100 Poll Votes Level 7 Search Mobile User Level 6 Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes

Não me parece que alguém compactue com um acto de tremendo egoísmo...
Offline

Carlos Gandra 
Administrador
Mensagens 3081 Gostos 97
Feedback +1

Troféus totais: 34
Trófeus: (Ver todos)
Level 6 Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes Poll Voter Poll Starter Level 5 Level 4

Se a família sabia e/ou se estava preparada, algo de muito errado se estava a passar. Não conheci o Mário pessoalmente, nunca falei com ele sequer pela Web e por isso não tenho sequer base para dar "palpites", no entanto tenho que concordar com as questões que o Marko levantou...
Offline

goodsound 
Membro
Mensagens 2485 Gostos 0
Troféus totais: 31
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes Poll Voter Poll Starter Level 5 Level 4 Level 3

Li num Blog que ele se tinha matado, e pensei para mim, "olha... foi mais um que viu o filho morrer e não teve força...". Mas, acabei, através de uma pequena pesquisa, de encontrar um texto sobre alguém, que tal como muitos ficou estupefacto com a morte do Mário. Só pela coragem do criador, e pela forma que transparece a sua tristesa, com alguma surpresa e arrependimento à mistura, passo a citar:
Citação de: Marco Santos
Raios te partam, Gamito. Silêncio branco. Não consigo escrever este post. Experimentei várias fontes no processador, aumentei e diminui o tamanho dos caracteres, justifiquei o texto, alinhei-o à direita, à esquerda, fiz zoom na página, tirei o zoom na página, apaguei, recomecei, cheguei ao fim do parágrafo e continuo bastante lixado contigo.

Depois de tantas discussões no Gildot e nos blogues e nas mailing lists, conseguiste finalmente criar uma mensagem impossível de contradizer. Deixar-nos sem palavras.

Sabes tu muito bem como o suicídio é terrível; quem já escreveu sobre o maldito assunto da tua morte foge da palavra por respeito à tua memória, hesita, dá a notícia de forma velada, RIP, morreu, decidiu deixar-nos, até sempre, essas coisas. O que mais me lixa, meu grande palerma, é saber o quanto terias adorado espreitar todos estes posts que andam agora a escrever sobre ti.

Por mim peço-te desculpa pelas duas ou três vezes em que não respondi aos teus emails. Peço desculpa pelas vezes em que fingi interesse no que escrevias no Messenger quando na verdade estavas a aborrecer-me. E agradeço-te todas as vezes em que me ajudaste com o mesmo espírito generoso que te levou a criar o Startux para os novatos do Linux. Sempre tiveste imenso valor, eras um geek à moda antiga, sempre gostei de ti, por causa da força, da sabedoria e sobretudo da fragilidade, mas nem sempre tive pachorra. Desculpa, pá.

Agora já não posso esconder que te via como uma criança. Bem podias cruzar os braços como um porteiro de discoteca, mas sempre te senti como uma presença frágil e inconstante, dividida entre o orgulho desmesurado e a absoluta necessidade de atenção, a espingarda cheia de munições e o humilde cachimbo da paz, o ressentimento e o perdão, sem conseguir encontrar um ponto de equilíbrio entre tantos sinais contraditórios que te nasciam no peito.

É pena que tenhas compreendido demasiado tarde que a Internet só é boa para o orgulho; não faz grande coisa pela solidão. Lamento muito que não tenhas sabido encontrar uma resposta. Lamento que o fio que te unia à vida real tenha esticado a ponto de te fazer acreditar que iria quebrar-se. Ainda estou com um nó na garganta desde que recebi a notícia porque incomoda-me pensar que entraste em pânico ao imaginares-te completamente sozinho. Preferia que tivesse sido um acidente.

Acho que há pessoas que são colocadas neste mundo para nos fazer reconsiderar a forma como nos tratamos todos os dias - nem que seja pelos preciosos minutos em que a morte obriga a rever os nossos actos e a prestar justiça até aos que julgávamos inimigos. Quanto aos outros - os amigos e os que te queriam bem - nunca se sabe quando alguém poderá precisar de nós. Nunca se sabe quando um gesto insignificante de atenção pode fazer a diferença na manhã fria e solitária de um apeadeiro. Tu és uma dessas pessoas. Ficarás.
Quanto a essa questão da família, penso que eles já previam que ele iria ter esta reacção perante a morte do filho.
Offline

asturmas 
Administrador
Mensagens 19734 Gostos 49
Feedback +2

Troféus totais: 39
Trófeus: (Ver todos)
Mobile User Windows User Super Combination Combination Topic Starter 100 Poll Votes 50 Poll Votes 10 Poll Votes Poll Voter Poll Starter

Sinceramente não sei..mas que normal não foi isso é ponto assente
Offline

MarKo 
Administrador
Mensagens 4609 Gostos 10
Feedback +1

Troféus totais: 36
Trófeus: (Ver todos)
Windows User Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes Poll Voter 10 Polls Poll Starter Level 5

@raugusto não me estava a referir ao post, mas à minha resposta ao primeiro comentário que fizeram ao post. Lá digo que a homenagem é justa e merecida. E é-o de facto.

@swing Sim, basicamente foi isso que aconteceu.

@asturmas se a família estava à espera tinha de agir, não quero acreditar que isso aconteceu, porque tal como o @exit aqui escreveu, a família não pode compactuar com um acto destes.
   
@ac99 Tudo na vida tem uma explicação, é por isso que gosto de questionar tudo. :P

@goodsound este post que colocaste aqui do Marco Santos, foi para mim, o melhor sobre este "tema" porventura por ser quem dentro da Web o conhecesse melhor. Esse post é também bom para reflectir sobre a vida online e a vida offline.