Mensagens - kurtmix

Páginas: [1] 2 3 ... 129
1
Conversa Geral / Re: Estrutura links Silo - Forçar?
« em: 19/Jul/2017 22:15 »
Mas de qualquer das formas eu vejo benefícios em linkar internamente, até porque quem está a ler um artigo de uma determinada praia, muito possivelmente tem interesse em ver outra com as mesma características, por exemplo.

A questão do rebanho é sem dúvida nenhuma pertinente. Está mais que certo o que tu dizes.
No entanto, eu acho que há algo muito básico que não estou a fazer como os restantes.
Eu tenho um projecto, já com, vá digamos, 2 anos. 20 artigos (poucos), mas originais e até interessantes, acho.
No entanto, apenas recebo 1/2 visitas vindas do google por dia, e às vezes nenhuma! Dado o que tenho visto, isto não é normal, e estou a fazer algo mal feito! 

A organização interna dos links vai rankear as páginas dentro do site. Além disso diminui a taxa de rejeições e vai ser útil se um anchor text levar a outro artigo que complemente a informação.
As estratégias de SEO devem ser levadas a sério mas de forma cautelosa.
No teu caso é estranho não teres mais visitas, mas eu o que faria no teu lugar seria a atualização do conteúdo, e uma linkagem interna orientada ao visitante e não aos motores de pesquisa. Nos anos que trabalho com sites e depois de estudar muito e experimentar muito no que respeita a seo, percebi que o natural é o mais eficaz.

2
Conversa Geral / Re: Estrutura links Silo - Forçar?
« em: 19/Jul/2017 13:25 »
Se queres um conselho, não sigas o rebanho. Tudo o que seja estratégias SEO divulgadas já os motores de pesquisa estão ao corrente e começam logo a alterar os alogatitmos. Tenta ser o mais natural possível e sem forçar nada.

3
Divulgação de projectos / Re: Compara.pt
« em: 18/Jul/2017 21:46 »
O problema que o @kurtmix está a relatar não é o fato de dar para se remover de alguma lista, porque isso todos o fazem e se não o fizessem seria algo punivel por lei.

O que ele está a retratar é que mesmo que saia de uma lista, ele já foi parar a uma base de dados que é vendida vezes e vezes sem conta para outras empresas e que muitas empresas que recolhem dados possuem esse modelo de negócio também, a venda de leads e base de dados.

Por esse motivo, mesmo que retirem da vossa base (ou outra empresa) se já o venderam, ele nunca vai sequer conseguir contatar convosco porque não sabe que foram vocês, mas sim com a empresa que comprou o contato dele.

Fui um pouco confuso mas sabem muito bem que é assim e que o este modelo de negócio infelizmente é algo recorrente no meio do marketing digital pelo simples fato de ser lucrativo.

É isso mesmo que eu estava a referir. Infelizmente é muito comum e chega a ser muito prejudicial.
Além disso existem sistemas manhosos que burlam a lei, por exemplo, oferecem possibilidade de remoção do email da lista para não voltar a receber emails, mas na realidade não remove da lista apenas transferem os dados para outra e voltam a usar de outra plataforma.
Eu considero que a ética deve ser sempre dominante, mas infelizmente muita gente não sabe o que é isso.

Caro kurtmix, no nosso caso em específico, qualquer pessoa que o assim o deseje, basta notificar-nos que será imediatamente removida do sistema.
Fruto da nossa rigorosa política ao nível do tratamento de dados pessoais, até hoje não tivemos qualquer situação negativa. Obrigado!

Para ser sincero nunca vi ninguém assumir publicamente que abusam da utilização de dados, ninguém admite que o faz e seria louco se o fizesse.
Acredito que seja fácil cair na tentação, eu já tive um site de booking de hoteis e sei perfeitamente o valor que tem uma base de dados assim.
Continuação de bom trabalho.

4
Divulgação de projectos / Re: Compara.pt
« em: 15/Jul/2017 14:04 »
Isso já é assunto sabido por todos ou se não é devia ser, se realmente se dizem trabalhar neste ramo...

Como é que empresas como estas conseguem sobreviver e empregar várias pessoas com salários consideráveis? Não é só a cobrar uma comissão por seguro assegurado ou qualquer outro tipo de CPA que seja um "one time deal"
Mas convém sempre lembrar e não é ético nem legal a pessoa não ter opção de remoção completa dos seus dados quando o requer. No meu caso remete-se a 2010, ou seja 7 anos atrás e ainda hoje continuo a receber contactos de diversas empresas e apesar de pedir para remover, há sempre outra a contactar e quando são vendidos os dados propaga-se de tal forma que fica descontrolado.
Eu tenho 2 empresas cujo funcionamento estão inteiramente ligado à internet e NUNCA usei esses estratagemas de capturar os dados dos clientes e fazer o que quero com eles. Mesmo assim dou emprego a várias pessoas, uns a tempo inteiro e outros em regime freelancer e já faz 15 anos que estou neste ramo.
Por isso a história de que é para a empresa sobreviver é uma treta, porque há muita gente a trabalhar de forma ética e legal. Mas como é lógico precisa trabalhar mais e certamente não se consegue tanto rendimento do que andando a enganar e a assediar as pessoas.

Atenção que não estou a dizer que seja o caso deste site, mas deixo o aviso para as pessoas menos atentas.

5
Divulgação de projectos / Re: Compara.pt
« em: 15/Jul/2017 13:40 »
Eu tive a analisar e gostei.
Mas enquanto consumidor senti me intimidado com o excesso de informação pedida.
A menos que seja realmente necessário tudo aquilo para converter em €€€ acho que deviam considerar.

De qualquer das formas, bom projecto e a se se verificar que os tarifários aparecem mesmo certos ao pormenor irá certamente ser uma referência.

Cumprimentos

Graças ao erro que cometi a inserir os meus dados num site deste género para comparação de seguros há uns anos atrás, tenho estado constantemente a ser contactado para campanhas de cartões de crédito, seguros de saúde, contratos de telecomunicaçoes, etc.
Muito cuidado ao inserir os dados que nos termos e condições já avisam o que vão fazer com eles, leia-se:
"O ComparaJá.pt reserva-se o direito de partilhar os dados que introduziu no website, bem como outros dados ou documentos que livremente tenha partilhado com o ComparaJá.pt, com os seus parceiros por forma a puder aceder a simulações ou propostas de diversos produtos para si ou no sentido destes parceiros o contactarem propondo-lhe a aquisição de algum bem ou serviço, segundo aquilo que tenha pesquisado. O ComparaJá.pt reserva-se também o direito de o contactar directamente propondo-lhe a aquisição de algum produto ou serviço de um seu parceiro. Os parceiros do ComparaJá.pt são diversas empresas dos sectores bancários, de seguros e telecomunicações."

Quem não quer ser bombardeado com contactos deve ter cautela, eu já perdi várias horas a discutir com malta dos call centers que nos contactam sem ser requerido. Muitas vezes as bases de dados com os nossos dados são vendidas a terceiros e nunca mais nos conseguimos livrar dessas chamadas.

6
Conversa Geral / Re: Imagem surge "em segundo plano"
« em: 13/Jul/2017 13:10 »
Isso é uma questão de editar o ficheiro de estilo css, aparece assim porque deve estar o theme configurado dessa forma.
Nesse tipo de trabalhos ou se usa um theme com tudo correto ou tem que ter conhecimentos mínimos para colocar como quer.

7
Confesso que a dita "parceria" no meu caso nos primeiros 2 meses até estava a correr mais ou menos, mas depois foi o que se sabe...

O que está em causa não é o que correu bem ou mal, aqui o que interessa é a responsabilidade do Jorge em relação ao que fez. Essas parcerias foram apenas a ponta do iceberg, houve muitos outros tipos de marosca à mistura porque o Xico esperto pensava que era o maior e meteu-se no que não devia com o dinheiro dos outros.
É daquelas pessoas que não tem capacidade de pensar nos prós e contras de cada negócio, mete-se de cabeça a pensar que é tudo fácil, chegou a bater no fundo mas não perdeu o seu ego extremamente exaltado. Nas conversas que tive com ele deu para perceber que se está a marimbar para todas as pessoas a quem deve e quis fazer-me acreditar que o meu caso era especial e que a mim me ia pagar, isso é a conversa típica de um aldrabão. Por isso quem quiser reaver o dinheiro que não acredite na conversa fiada dele.

8
kurtmix acredito que muitos dos prejudicados já nem frequentem assim tanto o forum visto ter passado um bom tempo.

Não sei se o fizeste, mas recomendava que enviasses uma MP a todos os que se queixaram dele no post de reclamações original e talvez tenhas mais sucesso.

Quanto ao método a seguir, apesar da minha falta de experiência, acho que a melhor solução se possivel é mesmo contratar uma empresa de cobranças.

Fácil, sem grandes stresses e papeladas e está a andar.

Realmente deverá haver pessoas que já não passam por aqui, visto que até agora recebi poucos contactos ainda.
A ideia é mesmo ver a viabilidade, mas em casos como o meu, após consultar com o advogado ele recomendou-me usar esse meio alternativo que é mais rápido e célere, isto porque por tribunal ficou complicado ao deixar passar muito tempo e não segurar com documentação realmente oportuna para garantir o sucesso de uma acção judicial.
Há pessoas que pagam com o que não tem só para se livrarem do inferno que chega a ser os cobradores de cobranças difíceis. E na verdade é menos trabalhoso e mais merecido para o projeto de burlão que temos em mãos.

Muitos dos burlados já pouco ou nada frequentam o fórum e nem estão com projetos online... que é o meu caso.
Apenas vim ver se o via por aqui a comentar algo...

Acredito que sim, mas vou insistir e aguardar mais algum tempo porque tenho vontade de dar uma lição ao bicho.

9
Conversa Geral / Re: Replicas de relógios
« em: 07/Jul/2017 21:49 »
Qualquer produto fica mais caro ao cliente final do que a quem vende, porque tem que haver margem de lucro. Contudo, na maioria das vezes quem vende consegue bom preço porque compra em quantidade avultada.

10
Existem provas da divida e dos montantes envolvidos?  O problema é que o devedor pode sempre dizer que não deve se  não ha papeis.
Existem sempre transações de dinheiro que tem que ser justificadas. Mas esses pormenores não serve de nada estar aqui a discutir.
Ou se faz por tribunal ou se faz por outros meios que não exigem papelada...
Faz falta é juntar o máximo de pessoas possível, porque eu sei que há muita gente aldrabada pelo dito cujo.

Fazem bem. Não suporto palhaços desonestos. E infelizmente este fórum está cheio deles. E este aqui nem é dos piores, pois uma pessoa pode, legitimamente, ver-se numa má situação e não ter como pagar, e quanto a isso não há grande coisa a fazer. Não sei se foi esse ou não o caso. Mas há por aquilo pessoal que faz negócios logo sem a intenção de pagar, e para com escumalha dessa não deve haver piedade.

Pior que o Jorge Pereira não acredito que ande por aqui ninguém. Já lidei com alguma gente desonesta aqui, mas o Jorge leva a medalha de primeiro lugar muito destacado do resto.
Ele anda a brincar com as pessoas, já nem é só problema de dinheiro, mas sim a falta de respeito que ele mostra.

11
É preciso ver se isto já não passou do prazo de agir judicialmente contra a criatura... (É a minha dúvida, pois não sei como são as leis nestas situações...)
Se leres bem o que escrevi há duas opções (para não falar no plano B) por isso não te preocupes que sempre se pode fazer alguma coisa.

12
A esta altura ja deve ter mudado de nome e ate de morada...
Tenho o contacto dele e de alguns familiares. Tenho a morada fiscal e já estou a tratar de localizar onde está a habitar atualmente. Nos tempos que correm ninguém consegue desaparecer e muito menos um borra botas como é o Jorge que no fundo é um Zé ninguém com mania que é mais esperto que os outros. Mas acredita que há sempre formas de colocar essa gente no lugar...

13
Podes especificar que tipo de parceria?

14
Eu tenho já alguma informação reunida sobre o dito cujo, também tenho número de telemóvel dele, da esposa, contacto dos sogros e também um contacto que segundo me disseram é dos pais dele. Também tenho pessoas a investigar um pouco mais porque ele anda a usar artimanhas para se esquivar.
Não podemos deixar ficar impune e temos que nos juntar todos para estudar a melhor forma de atuar. Há a opção de atuar juridicamente e também temos a opção de fazer o trato com uma empresa de cobranças difíceis, que nos vai custar uma percentagem do montante, mas que mesmo assim acaba por compensar e dar menos trabalho porque eles tratam de tudo.
Eu conheço uma pessoa que teve uma empresa dessas à perna e passou maus bocados enquanto não pagou...
Seja de que forma for ele não vai sair desta assim ao de leve como ele pensa que vai acontecer.

E aviso que não se iludam, ele até pode inventar mais mentiras e até coisas para dar pena... mas ele não merece essa pena nem vai cumprir, isso eu tenho a certeza.
Vamos juntos fazer o aldrabão pensar melhor antes de enganar mais pessoas.

15
Mesmo valores mais baixos também contam, uma queixa conjunta quanto mais gente melhor. Vamos juntar o máximo de casos e analisar a melhor forma de atuar, já é bem hora de resolver tudo.

Páginas: [1] 2 3 ... 129