Mensagens - Nuno

Páginas: [1] 2 3 ... 498
1
Bitcoin / Bitcoin offtopic
« em: 17/Jan/2018 22:19 »
Estamos a verde, to the moon!


2
Bitcoin / Re: Minerar ou não minerar em 2018?
« em: 17/Jan/2018 18:00 »

3
@jorge_silva_3 vai devagarinho pelo instagram... Tentar ter alguns followers, reach e perfil com conteúdo antes de investir.

4
Divulgação de projectos / Re: Azores Fishing
« em: 10/Jan/2018 22:26 »
 :lol: :lol: :lol: :lol:


5
Comunidade +tráfego / Re: Brainstorm +tráfego
« em: 05/Jan/2018 19:23 »
E em relação ao layout, feedback?

Basicamente a idea é a seguite:
- Categorias principais ou que se queiram promover no lado esquerdo, para o pessoal chegar e perceber logo sobre o que é a comunidade. Opção para ver todas claro;
- Ao mesmo tempo os menus de atalho para ver os tópicos não lidos ou respostas ficam nesta secão também;
- Depois existe uma área principal que é mostrada aleatoriamente, aqui mostra os anúncios em destaque, mais a ideia é rodar por este opção, últimos anúncios inseridos, tópicos em destaque, tópicos sem resposta, tópicos populares, etc...
- Depois em baixo uma secção maior como a que existe actualmente, mas com mais tópicos, tipo 30 ou 50...
- Do lado direito, o que for interessante mostrar dependendo da necessidade. Eventos, promoções, users, etc...
- Há, e a barra de topo em branco para voltarmos às origens ;)



6
Dia 3 - update (4 de Janeiro)

Performance:
- Vendas: 0
- Trafego: 31 visitas
- Seguires/likes: 21/57
- Investimento: 18€

Tarefas:
- Conteúdo insta
- Roadmap/backlog
- Partilhar com a malta do +t ;)

Comecei a inserir algum conteúdo no instagram e facebook. No instagram já deu para ver que o conteúdo é apelativo e é fácil ganhar seguires e interação apenas apostando em conteúdo e hashtags. Para já vou continuar a inserir conteúdo gradualmente no instagram e facebook, sendo que no instagram vou continuar apenas a colocar conteúdo, mas no facebook assim que tiver algum conteúdo vou começar a activar algumas campanhas. Não sei bem se para posts directamente ou para a página (likes).

A primeira coisa que me apercebi, e que o @Diogo Pinto já referiu aqui, é a qualidade das fotos, claramente é algo que se deve investir. Tanto em qualidade, como em quantidade, mostrar os detalhes e todos os ângulos possíveis do produto.

Outra coisa que comecei a fazer foi uma roadmap/backlog do que é necessário fazer para não me perder, pois isto é mais complicado do que parece e também para anotar ideias que vão ocorrendo ou que já sugeriram aqui. Para isto estou a usar o trello que é gratuito.




Para já é isto. Obrigado pelo feedback pessoal  :+trafego:

Gostava de saber se estas a pensar usar algum marketplace para promover vendas e ainda a marca indiretamente.

Estou a pensar no etsy, mas nunca explorei aquilo a fundo. No entanto, ja deu para ver que o pessoal com mais reviews e algum tempo daquilo domina o marketplace.

Parabéns! Faz lembrar a minha mãe (que faz cachecóis) mas que não quer vender por falta de confiança nela. Tem medo das reclamações :P Dá os parabéns à tua mãe pela audácia e parabéns a ti por fazeres algo assim por ela :)

Agora para me armar em esperto vou lançar algumas questões/sugestões:

1. Como vais fazer com a etiqueta e embalamento? Precisas de marcar a diferença. Etiqueta é problemático por causa da pele do bebé, por isso sugeria coser uma etiqueta "por fora" para ficar top. Embalagem sugiro cartão canelado com logo "estampado" (inicialmente não por causa dos custos) e um papel com a tua proposta de valor e informações pós-venda (BRANDING, BRANDING, BRANDING)

2. A página de Facebook tem, na minha opinião, alguns problemas: não gosto das cores, morrem no azul do Facebook. A imagem de capa deve transmitir imediatamente o que a marca vende. Seja com uma imagem de produto de fundo p.e.

3. Precisas de fotos melhores. Comprei um kit de iluminação e papel cenário (com lâmpadas incluídas) por 50€ em leilão no ebay, próprio para fotografia de produto. Até uma câmera de 1993 descartável tira boas fotos ali :P Valerá o investimento?

4. O mais importante, para mim... Acredito que vendes isso às dezenas de uma forma muito simples: prescritores/bloggers mães. Tenho uma amiga com um dos maiores blogs nacionais para mulheres (o maior, na minha opinião e segundo as estatísticas, mas pronto...) que foi mãe há pouco tempo. Vamos falar com ela e correr um teste quando afinares tudo? Ofereces uma % ou uma peça personalizada.

5. Opção de personalizar peças e conjuntos. Algo do género, que me surgiu agora: Made by hand, on demand.

Parte essa merda toda!! :) Bom trabalho

Só grandes ideas e sugestões, já apontei  :obrigado:




7
Uma questão que acho sempre pertinente no que toca ao lançamento destes projectos. Como vais fazer com facturação, impostos e afins? Se é que vais fazer, claro. Acho que isso deve ser um dos maiores entraves ao lançamento de projectos de autor.

Essa parte é complicada para quem está a começar, mais por falta de informação do que outra coisa na minha opinião. Nesta caso já existe uma empresa por de trás do projecto para tratar da faturação.

Um tópico com 10 anos sobre o assunto -> empresário em nome individual

Acho um ponto interessante quando chegar à parte do woocommerce para integrar faturação automática, etc. Nunca fiz essa parte, mas posso partilhar também.

8
Comunidade +tráfego / Re: Brainstorm +tráfego
« em: 04/Jan/2018 22:44 »
Estou a ver que há opiniões divididas sobretudo sobre o marketplace vs forum. Interessante, é verdade que tira realmente muito conteúdo ao fórum, mas foi essa mesmo a idea de quando separamos os dois tipos de conteúdo. De outra forma o marketplace acaba por comprometer o fórum, pois é conteúdo mais agressivo, quer a nível do conteúdo como das respostas... Mas é algo que se pode sempre voltar atrás.

Em relação ao conteúdo e a atrair novos utilizadores. Bem comecei por dar o exemplo e partilhar algumas das minhas brincadeiras, era porreiro que mais pessoal partilhasse também ;)

Sobre a idea do chat, há opiniões... Mas a idea é mesma essa, um grupo muito restrito de pessoas, que sabemos que podemos contar diariamente para quem trabalha nestas áreas. Especialmente em empreendedorismo e marketing, falar de estratégia e tácticas, etc. Sai mais facilmente num chat que num tópico. Algo para experimentar.

Em relação ao formato do fórum, comecei a fazer umas brincadeiras... Feedback?


9
Olá +tráfego

Decidi partilhar aqui um projecto que comecei há dois dias e não sei muito bem o que vai sair daqui no final, mas a experiência é capaz de ser interessante. No fundo o que se pretende aqui é criar uma marca de raíz com uma plataforma de e-commerce por baixo a suportá-la. Vamos seguir o progresso ao longo do tempo e partilhar aqui os passos necessários para fazê-lo, tanto as coisas mais simples, como as mais complicadas, os erros, o dinheiro necessário para investir, etc. Vou também partilhar como fazê-lo por vocês sem precisar de ajuda de ninguém, as ferramentas usadas e como fazer bootstrap de uma marca sem ter muitos recursos ou com os mínimos necessários. Espero que seja útil.

Background

Para vender algo é preciso ter um produto para vender :D (como arranjar um produto para vender fica para outra discussão, mas aconselho a pesquisar por "drop shipping", fornecedores/alibaba ou pessoas/amigos/conhecidos que tenham o seu próprio produto ). A história começa estas férias de Natal quando fui a casa dos meus pais e a minha querida mãezinha vira-se para mim e me diz "olha não me queres fazer um site para as coisas que ando a fazer? É que já tenho muitas encomendas...". Ora a parte que me interessou mais, não foi a do "fazer o site", mas sim a do "já tenho muitas encomendas..." Esta parte é importante e deixem-me tentar explicar da melhor maneira porquê. Quando se lança um produto, seja de que tipo de produto for, é necessário primeiro testar o mercado para saber se há procura. Se não há procura, o problem aqui podes estar num de dois lados. No público-alvo a que se está a dirigir ou no produto em si. É o chamado "product-market fit", em que se deve ir alterado (testando de forma iterativa) o produto e/ou o público-alvo até atingir o ponto em que o produto é adequado e trás valor ao público-alvo a que se dirige. Isto é o que resulta em vendas, "word of mouth", crescimento orgânico e todas as coisas boas (sustentáveis) que um negócio deve ter.

Explicações à parte, o produto aqui é camisolas de lã para bebes feitas à mão. Pode não parecer a coisa mais sexy do mundo, está longe de o ser. Mas quando fui pesquisar ao etsy só por curiosidade e vi que estas "coisas" eram vendidas por mais de 100€ pareceu-me um hobby muito interessante para 2 ou 3 horas de "hobby/trabalho". Virei-me para a minha mãe e disse, vamos fazer isto! :D

Dia 1 - update (2 de Janeiro)

Performance:
- Vendas: 0
- Trafego: 0
- Seguires/likes: 0
- Investimento: 8€

Tarefas:
- Nome e Marca
- Imagem/logo
- Domínio
- Email
- Fotos/conteúdo

O primeiro dia passou por ver o material disponível. Descobrir que as fotos das dezenas de produtos já feitos e vendidos estavam inutilizáveis (desfocadas, má qualidade, pouco luz, outros objectos a verem-se, etc) e tirar fotos suficientemente boas para social media/venda do pouco que ainda não foi vendido. E claro ensinar a tirar fotos minimamente apresentáveis :D

Depois disto, trabalhar na marca, pesquisar nomes e keywords, etc. Acabou por ficar wool & rabbit (simples wordplay com o Nome da pessoa "Coelho" e o material (a lã) de trabalho), domínio .com disponível e claro em inglês a pensar já no mercado internacional. Utilizei o namecheap.com para adquirir o domínio.

Próximo passo, imagem...

Para quem não sabe ou não está para se dar ao trabalho, há varias maneiras de proceder aqui:

1 - Agarrar no sketch/photoshop ou qualquer software ou site que o permita, escolher o tipo de letra "helvetica", escrever nome-do-site.com em letras minúsculas, colocar a um tom mais suave que preto, #111111 ou #555555 e já está, se o objectivo não é trabalhar com branding, para iniciar chega bem.
2 - Contratar uma empresa
3 - Contratar um freelancer (upwork, freelancer.com, freelance design)
4 - Fazer um concurso  (designcrowd, 99designs, comunidade design)

O meu processo passou por criar meia dúzia de logos, sempre a brincar com o nome da marca e depois perguntar a varias pessoas o que achavam (ferramenta utilizada Sketch):


Depois de escolhido trabalha-se com mais cuidado para ver como fica em diferentes situações (ainda não estou completamente satisfeito com o logo, devo trabalhar nele ou mudá-lo durante os próximos dias)


Existe aqui muitos conceitos de branding que não vale a pena entrar muito em detalhe. Mas a idea passa por criar uma "cute/love brand", em que princípios como "handmade", "eco-friendly", "slow living", "sustainable fashion", "cruelty-free", etc. São mercados muito em voga e que se podem explorar no futuro.

Dia 2 - update (3 de Janeiro)

Performance:
- Vendas: 0
- Trafego: 0
- Seguires/likes: 0
- Investimento: 18€

Tarefas:
- Landing page
- Instagram
- Facebook

Segundo dia passou por criar as redes sociais e landing page, no fundo isto são todo canais de tráfego par transformar em vendas no futuro. De forma a não investir já no website que é no fundo o que vai dar mais trabalho, vou começar por construir alguma audiência primeiro no instagram e depois no facebook, também para aprender um pouco sobre este mercado e ir melhorando e descobrindo qual o conteúdo mais atrativo ao longo do tempo.

Instagram wool & rabbit
facebook wool & rabbit


Para a landing page, vou usar para já o mailchimp que também permite criar landing pages, e gastar mais 10€ para ter uma URL "minimamente" apresentável.

https://mailchi.mp/woolrabbit/wool-rabbit

Bem para já é isto. A idea é aprender e partilhar o que se vai aprendendo com um projecto pequeno sem muito risco de sucesso ou insucesso pois é mais um hobbie. O desafio de criar um projecto interessante com vendas a vir do online é meu objectivo com este projecto. De qualquer forma o conceito de criar uma marca, uma plataforma e-commerce, os respectivos canais de tráfego e no fundo o processo/ferramentas necessárias para o fazer é algo que se pode aplicar a projectos de qualquer dimensão e espero que esta experiência se torne útil.

10
Comunidade +tráfego / Brainstorm +tráfego
« em: 29/Dez/2017 19:12 »
Olá, está na altura de dar um facelift aqui ao tasco, repensar o tasco e ver o que se pode fazer para melhor o tasco. Então aqui vai.
Tenho algumas ideas que gostava de partilhar com vocês, mas também gostava de saber a vossa opinião sobre estes assuntos.
Vou abordar 4 áreas que acho essenciais melhorar ou repensar. O fórum, o marketplace, como inovar na comunidade e como trazer novo conteúdo.

1 - Fórum
Acho que já estamos todos fartos do formato típico de forum, não vou abordar se os fóruns estão vivos ou mortos. Acho que há lugar no mundo para comunidades para além do facebook.
Sobre o formato em si, a verdade é que todas as comunidade têm mais ou menos o mesmo formato, conteúdo que podemos inserir e esse conteúdo é de alguma forma indexado, normalmente por categorias e ou tags. O meu ponto aqui é que a plataforma não é o problema, mas sim a forma como apresentamos o conteúdo. Por exemplo, gosto muito do formato do product hunt ou quora e acho que seria o modelo que deveríamos seguir. No fundo, a mudança seria o foco no conteúdo em vez das categorias (fugir um bocado do clássico formato de forum). Isto é algo que vejo o warrior e o blackhatworld a tentarem fazer, mas sem dúvida que se consegue fazer melhor.

2 - Marketplace
Aqui gostava de ouvir o feedback de quem usa para saber o que é preciso melhorar. No entanto é a meu ver uma área de grande utilidade que devemos continuar a apostar.

3 - Inovar
O que se pode fazer para inovar e trazer mais valor. Uma das ideas que tenho é a de criar um chat "privado". Ou seja um sistema de chat em tempo real apenas a acessível a um certo grupo de pessoas. Acessível, provavelmente a utilizadores pagos ou alguma forma de limitar acesso. Pelo menos para mim uma área deste género seria bastante útil.

4 - Conteúdo
Como continuar a ter conteúdo relevante? Aqui há várias hipóteses, por exemplo. Ou não se faz nada (o que já se viu não trazer resultados fantásticos). Há pessoal interessado em dinamizar certas áreas (wordpress, facebook, bitcoin?!), há? Paga-se a editores para criar conteúdo.

É mais ou menos isto, no fundo qualquer ideia que tenham para melhorar, quer seja a nível de design ou conteúdo, todas as ideas são bem vindas. Acho que é a primeira vez que estou a lançar esta discussão em público (ou não, não me recordo), mas há uma necessidade de sangue novo para a equipa também, pessoal que tenha vontade de assumir responsabilidades e fazer coisas, deixem aqui ou enviem mensagem privada.

 :obrigado:

11
Comunidade +tráfego / Parabéns +tráfego! 13 anos
« em: 29/Dez/2017 18:37 »
E vão 13 anos de +tráfego. Parabéns à comunidade por mais um ano e que se mantenha por muitos mais.



 :+trafego:

PS: Isto deu-me vontade de fazer coisas, se a ti também vê aqui.

12
Conversa Geral / Re: Autopost Facebook
« em: 27/Dez/2017 13:16 »
Não me parece que exista auto posters para o marketplace. O que podes fazer é postar nos grupos que depois os posts são colocados automaticamente dos grupos para o marketplace. Pode funcionar, nao tenho a certeza.

- Pilot Poster https://www.pilotposter.com/
- Postcron https://postcron.com/en/
- FB auto Poster http://www.fbgroupautoposter.com/
- Tools Star http://www.toolsstar.com/
- Followinglike http://followinglike.com
- hootsuite https://hootsuite.com/

Já agora, estás a ter melhores resultados no facebook marketplace que no olx ou custojusto?

13
Conversa Geral / Feliz Natal!
« em: 25/Dez/2017 13:18 »
Feliz Natal para todos os membros e as suas famílias.

14
Bitcoin / Re: O que é o Bitcoin?
« em: 22/Dez/2017 19:54 »
Isto merece um bump :D

15
Geral / Re: Criar Site de Emprego - Vale a pena?
« em: 30/Nov/2017 09:37 »
E sim, eu sou dono da minha opinião...

A tua opinião por vezes é bastante tóxica para uma discussão minimamente interessante.

Páginas: [1] 2 3 ... 498