A Importância De Criar Conteúdos Relevantes Para O Sucesso Do Marketing Digital

Lida 138 vezes

Se queremos atingir o sucesso na Internet, o conceito de "conteúdo relevante" é uma das primeiras coisas que convém aprender sobre Marketing Online.

Na verdade, a criação de conteúdos relevantes deve ser uma das prioridades de qualquer investimento em Marketing Digital, e é o que nos pode separar dos nossos concorrentes diretos e indiretos.


O que é conteúdo relevante

Não há volta a dar, existem certas características que devem estar presentes no nosso conteúdo digital, para que este fique mais perto de ser considerado como conteúdo relevante para a Internet, tais como:


#1 Conteúdo informativo

Longe vai o tempo em que os jornais, a rádio e a televisão eram donos e senhores da nossa atenção.

No entanto, os tempos mudaram e, hoje em dia a Internet é a nossa principal fonte de informação sobre o que está a acontecer no mundo.

Por isso, a primeira das características do conteúdo relevante é ser um conteúdo informativo, que forneça informação útil, atual e valiosa ao visitante online, como por exemplo as novidades sobre a nossa empresa.



As milhares de reacções no Facebook da Ikea sobre a inauguração da nova loja em Loulé, provam que existirá sempre alguém interessado no que temos para dizer.

Para além disso, para um conteúdo ser relevante na Internet este deve não só apresentar benefícios sobre os produtos e serviços da empresa para o cliente, mas também as novidades e tendências do mercado onde a empresa atua e que possam ter uma influência direta no público alvo.


#2 Conteúdo interessante

Um conteúdo relevante é um conteúdo que deve ser interessante do princípio ao fim.

E uma forma de criar conteúdos interessantes é adicionar elementos gráficos ao conteúdo de texto, tais como estatísticas, gráficos, metáforas, citações ou analogias.

O artigo do Hubspot sobre as últimas estatísticas do Marketing é um tipo de conteúdo que faz uso de várias elementos para tornar o conteúdo interessante do princípio ao fim.



Se percorrermos o conteúdo desde o título até aos comentários, verificamos que o artigo fala sobre os diversos canais digitais – como o SEO (Search Engine Optimization), Content Marketing, Social Media, Video Marketing ou Email Marketing – intercalando dados estatísticos com gráficos coloridos.


#3 Conteúdo relevante

Portanto, ao criarmos um conteúdo informativo e interessante, vamos ficar mais perto de criar um conteúdo relevante.

Mas relevante para quem?

Durante a produção de conteúdo temos que ter em atenção dois aspectos:

Criar conteúdos que estão diretamente relacionados com a nossa empresa, tipo de negócio ou setor de mercado, para ajudar a nossa marca a manter uma certa coerência digital e reforçar a autoridade de domínio da empresa na Internet.

E ter uma imagem clara do perfil do cliente para quem queremos ser relevantes.



Cliff Ravenscraft, também conhecido por Podcast Answer Man, é um ótimo exemplo de alguém que cria conteúdos relevantes para uma determinada persona.

Ao combinar os seus interesses pessoais (tecnologia, televisão e literatura) com os temas que são relevantes para o seu público alvo, logo após a publicação do terceiro podcast sobre a trilogia literária “The Hunger Games” Cliff Ravenscraft já tinha construído uma audiência de 15 mil subscritores.


#4 Conteúdo cativante

Um conteúdo relevante é também aquele que consegue provocar sentimentos no receptor.

Por exemplo, não é à toa que os conteúdos com gatos fazem a internet fervilhar de reações.

Para além de serem animais com um aspeto adorável (ups, uma reação), os gatos conseguem despertar em nós os mais variados tipos de sentimentos e é, exatamente, isso que a internet quer: um conteúdo que seja cativante.

Contudo, um conteúdo cativante não é só aquele que é divertido.

Na verdade, um conteúdo relevante também pode ser um conteúdo comovente, e que nos toca o coração, como o anúncio da Dove sobre a beleza feminina.




#5 Conteúdo Divertido

Finalmente, um conteúdo relevante na Internet é, sobretudo, um conteúdo capaz de nos divertir.

Basta olhar para o número de visitantes no site do 9gag para perceber que os internautas procuram na Internet conteúdos que os entretenham e façam rir.





Mas porque importa criar conteúdos relevantes?

Ao produzirmos conteúdos que sejam cativantes, interessantes e informativos mais perto vamos ficar de criar conteúdo relevante.

E ao criar conteúdo relevante, maior vai ser a probabilidade de sucesso do nosso investimento em marketing digital.

Basicamente, a relevância é um fator cada vez mais presente em tudo o que diz respeito ao modo de funcionamento da Internet e como tal, pode influenciar os resultados da nossa estratégia de marketing digital.

É a relevância que permite por exemplo, o site da Zara aparecer no primeiro lugar da primeira página do Google para a pesquisa “Zara”.



E isto acontece, porque o Google interessa-se em proporcionar uma boa experiência aos seus utilizadores, logo os resultados de pesquisa vão estar ordenados de acordo com a sua relevância para a pesquisa realizada.

Isto significa que, se quiser investir na otimização SEO do site, quanto mais relevante for o nosso conteúdo para uma dada pesquisa maior a probabilidade de conseguirmos aparecer na primeira página do Google.

O mesmo príncipio também se aplica no investimento em campanhas Adwords, ou na divulgação de vídeos do Youtube.


Como podemos avaliar se estamos fazer conteúdo relevante para o nosso público alvo?


Se está a pensar em investir em marketing digital, saiba desde já que é importante acompanhar os resultados da sua estratégia de Marketing de Conteúdo.

E para isso, existem várias formas de avaliar se estamos produzir conteúdos relevantes.

Por exemplo, se apostarmos em escrever textos, uma forma fácil de saber se os artigos estão a ser relevantes para a Internet é através da utilização do Google Analytics, das interações nas redes sociais, da posição da página nos resultados de pesquisa do Google ou o número de backlinks criados.



Assim, a partir do Google Analytics podemos fazer uma avaliação On-Page dos conteúdos digitais e acompanhar a evolução de métricas importantes tais como por exemplo, o número de visitas da página, a taxa de rejeição da página e o tempo médio de permanência nas páginas do site.

Através dos likes, comentários e número de partilhas dos posts, podemos ter uma avaliação fidedigna dos conteúdos e saber se estão a ser relevantes para as redes sociais.

Para além disso, e como os resultados do Google são ordenados por ordem de relevância, podemos acompanhar a evolução da posição das páginas no ranking Google para as keywords primárias escolhidas pela nossa empresa.

Finalmente, também podemos avaliar a relevância do conteúdo através do número de backlinks que o site ou uma dada página conquistou até ao momento.

Se todas estas formas de avaliar a relevância do conteúdo estiverem a apresentar uma evolução positiva, isto significa que o nosso conteúdo está a ganhar visibilidade na Internet e o resultado vai ser o aumento da autoridade do domínio no Google.


Pode ler o artigo completo em: Conteúdo Relevante E O Sucesso No Marketing Digital