Ética ou Click Bait Extremo - Qual Caminho Seguem? (Sejam sinceros)

Lida 386 vezes

spykerGM

Membro
Este video do humorista Batáguas fala muito bem e de uma forma "humorística" a realidade que é a própria piada em si, que é o caso do Correio da Manhã, uma entidade que supostamente se chama de Jornal e por isso devia agregar valor a sério e transmitir notícias de forma ética e o mais correta possível, o que acredito ser uma "regra" no mundo do jornalismo.

https://www.facebook.com/BataguasOulaoquee/videos/1562578127099831/

Isto acontece bastante com sites com o tráfego maioritariamente do Facebook, porque é uma caça ao clique, mas agora sejam sinceros em relação a isto.

Fazem-no diaramente também a este nível? Vale mesmo a pena mandar a ética pelo ralo abaixo apenas para ganhar uns euros?

Fica aberta a discussão se alguém quiser participar e não apenas ver este tópico e ignorar como é normal...

carlosm

Membro
Os meus sites não vivem do tráfego do Facebook até porque não tenho nenhuma página com centenas de milhares de fãs como muitos têm.

Mas quem tem essas grandes páginas tem que rentabilizá-las de alguma forma e para ganharem o máximo é como dizes é a "caça ao clique". E para mais com o Facebook a cortar no alcance, etc.

Mas também só segue esse tipo de páginas e consome esse tipo de conteúdos quem quer...

Os meus sites não vivem do tráfego do Facebook até porque não tenho nenhuma página com centenas de milhares de fãs como muitos têm.

Mas quem tem essas grandes páginas tem que rentabilizá-las de alguma forma e para ganharem o máximo é como dizes é a "caça ao clique". E para mais com o Facebook a cortar no alcance, etc.

Mas também só segue esse tipo de páginas e consome esse tipo de conteúdos quem quer...

Totalmente de acordo.

spykerGM

Membro
Mas também só segue esse tipo de páginas e consome esse tipo de conteúdos quem quer...

Isso é verdade até certo ponto.

Porque existem certos posts que têm formatos identicos a uma noticia e que muitas pessoas acabam por pensar que algumas coisas realmente são verdade quando assim não o é.

É muito fácil um gajo online perder a ética
"São só uns posts no facebook, quem liga?" "Scamei só aquele gajo em 20€, quem liga?" e tudo pelo ganhar uns trocados agora...

Quando talvez pensar num futuro e não num atalho seria até bem mais proveitoso.

Jóni Oliveira

Administrador
Eu faço um pouco de tudo. Como eu sempre era certinho no facebook e eles me foram cortando a audiencia que eu demorei anos para crescer, simplesmente caguei no assunto e segui em frente do jeito que dava.

No entanto tem certos assuntos que eu faço questão de não tocar, por acreditar que de certa forma podem ter influencia bastante negativa para a sociedade. Fake news sobre doenças, mortes, etc por exemplo.

Acerca do click bait, se pudesse ser avaliado numa escala de 0 a 10, diria que nunca passei do 4 ou 5.

Apesar de tudo, temos de ter em conta que temos certa responsabilidade social... no caso do correio da manhã.. sendo eles um órgão de comunicação credível  :-k acho que certas coisas deveriam ter limites, mas isso nunca vai mudar.

Aderio

Membro
Na minha humilde jornada acho que mesmo mantendo toda a ética, o pensamento tem sempre de ser na busca de um click. Nem sempre para obter lucro com isso. No meu caso é indispensável para me dar força e motivação para o post seguinte.

spykerGM

Membro
Usar um título apelativo para captar a atenção do utilizador e fazê-lo clicar é normal e totalmente "inofensivo".

O que é errado na minha opinião é realmente alguns temas que são abordados e da forma como são abordados. Não é só porque estão atrás te um PC ou que pensam ser inofensivo que será mesmo para toda a gente.