Porque comprar uma base de dados de emails é um mau negócio!

Lida 9621 vezes


A propósito de uma sugestão do @cjseven, eis aqui mais um contributo sobre um tema que ainda há pouco levou a mais uma tentativa de negócio bloqueada no +T : a compra / venda de bases de dados de emails.

Na minha opinião, é SEMPRE (para que não haja dúvidas: SEMPRE) mau negócio comprar uma base de dados de emails para divulgar o vosso site.

1) Se alguém está a vender a sua base de dados de emails é porque ela não vale nada
Pois se valesse, essa pessoa estaria a rentabilizá-la ela própria e não a venderia por poucas dezenas de euros.
Posso vos dizer que eu tenho uma base de dados de qualquer coisa como 100 000 emails realmente válidos, comprovados e opt-in. Essa base de dados rende-me várias centenas de euros por mês, todos os meses.
Imaginem agora se eu tivesse milhões de emails válidos (em vez de uns "reles" 100 000), como os vendedores de bases de dados "milagre" vendem... acham que a vendia por 60 ou 70 EUR (ou mesmo 600 ou 700), como vejo por aí?

2) Há uma forte probabilidade (quase 100%) de não cumprir com a Lei Portuguesa, Europeia e o CAN-SPAM Act
Isto é reforçado pelo que eu disse em 1). Uma base de dados legal vale muito, e não se vende por tuta-e-meia.
Apesar de os webmasters tenderem a achar "sim e depois? toda a gente o faz!": algumas consequências reais de fazerem emailing a essas bases de dados:
  • muitas têm "spam-traps": contas de email, controladas pelos ISPs, fornecedores de contas de email e sites de combate ao SPAM que, mal recebam um email, marcam o remetente e todos os links neles incluídos como potencial fonte de SPAM
  • é cada vez mais fácil aos users reportar o vosso email e site como spammer: basta fazer forward do email para sites como p SpamCop

Em consequência disto, de repente descobrem que:
  • a empresa que vos aloja o site, fecha-vos a conta porque não quer a sua reputação manchada
  • não conseguem enviar emails para Hotmal, SAPO, Telepac, Gmail, etc... Os emails não vão para a "SPAM Box" - é pior que isso: são sumariamente eliminados! - seja da conta que fez o SPAM, seja de todo e qualquer domínio referenciado em links no email
  • o vosso site é atirado para os confins (ou mesmo eliminado) nas páginas de resultados dos motores de busca

3) É ILEGAL enviar emails a pessoas que não vos autorizaram a tal
Em Portugal, uma base de dados, para ser vendida, tem que estar registada na CNPD com clara identificação que irá ser divulgada a terceiros e autorizada para tal pela própria CNPD.
Se vocês compram uma base de dados sem essa autorização, só podem fazer emailing se cada uma das pessoas que lá está referenciada vos deu autorização para tal, caso contrário estão a fazer SPAM!
(a propósito disto, aquela frase "Este email não pode ser considerado SPAM ao abrigo da Diretriz Europeia blá blá blá..." é uma grande TRETA! O que conta é isto: http://www.ics.pt/index.php?op=fs&cid=604&lang=pt)

É claro que em Portugal, estas Leis não são impostas... e o SPAM é prática comum - foi por isso que deixei para o fim: os dois primeiros motivos deveriam ser suficientes para pensarem duas vezes antes de comprar bases de dados.



Ainda há uns dias recebi um email a propor a venda de "uma base de dados de 8 milhões de emails portugueses válidos". Ora... 8 milhões são 80% de todos os portugueses, de todas as idades (desde os 0 anos aos 104 anos). Pois claro...

Jóni Oliveira

Administrador
Excelente artigo, obrigado.
Na minha opinião devia ser adaptado e posto no blog do +t ou então pelo menos ficar fixo.
Também sou da  opinião do Jóni

cjseven

Administrador
Excelente partilha.

max88

Membro
Muito bom artigo. Gostei.  :obrigado:

Daniel

Membro
Excelente, adaptem isto ao blog

Carlos Gandra

Administrador
Óptimo artigo! ;)
DiabinhoMor,

Quanto tempo leva o registo da base de dados na CNPD? Qual é o procedimento que achas mais rápido?
1) Se alguém está a vender a sua base de dados de emails é porque ela não vale nada

Geralmente é o que acontece, mas nem sempre é assim...
DiabinhoMor,

Quanto tempo leva o registo da base de dados na CNPD? Qual é o procedimento que achas mais rápido?

O meu já foi feito há alguns anos, via http://www.cnpd.pt/bin/legal/forms.htm...

Na altura ainda não havia "formulário eletrónico", mas apenas um PDF para imprimir e enviar por CTT ou digitalizado.
O processo foi relativamente fácil e simples... o problema é que já se passaram vários anos e o meu registo ainda não aparece no registo público (http://www.cnpd.pt/bin/registo/registo.htm) - mas isso é funcionalismo público no seu melhor.

No entanto, o que é importante é ficar com um número de registo: cerca de 3 ou 4 semanas depois de enviar os documentos telefonei para lá e deram-me o número de processo. E é isso é que conta.
Geralmente é o que acontece, mas nem sempre é assim...

Eu reforço o SEMPRE. Claro que toda a regra tem a exceção que a confirma, mas penso que só por muita sorte ou muita ingenuidade de quem vende (provavelmente as duas coisas) é que se encontra uma boa base de dados à venda na Internet.

A generalidade das bases de dados são resultados de "mail-harvests" em fóruns, blogues, redes sociais, etc. (meios favoritos para dessiminação de "spam-traps") que depois são "inflacionadas" com algoritmos de lógica básica.

Um dos truques mais elementares é multiplicar os dominios: copia-se todos os emails "hotmail.com" para "gmail.com", "msn.com", "live.com", "yahoo.com", "telepac.pt", "sapo.pt", "iol.pt", e por aí adiante...

Ou seja, o email (verdadeiro) "joao.silva@hotmail.com" de repente passa a existir como "joao.silva@gmail.com", "joao.silva@msn.com", etc. ,etc... ou seja, em menos de nada, multiplica-se a base de dados por 10x ou mais.

Outra forma é arranjar "geradores de emails": basta uma tabela de nomes próprios e uma tabela de nomes de família (é fácil arranjar), fazer todas as combinações possíveis, aplicar-lhe a multiplicação acima et voilá!

Querem uma base de dados de 16 milhões de mails portugueses válidos por 50 EUR? Aceitam-se encomendas...  :^o


Depois, lá vai o incauto comprador fazer um envio...

Ora, os servidores de email, se recebem demasiados envios da mesma conta para contas que não existem num curto espaço de tempo (e de emails exatamente iguais) não precisam fazer muitas contas para concluir que se trata de SPAM, e proceder aos respetivos bloqueios.


Recomendo sempre que "voltem ao básico": imaginem que vocês são donos de uma base de dados com mais de 100 000 emails válidos. Com qualquer plataforma de afiliados honesta q.b. conseguem retirar umas boas centenas de euros de rendimento por mês - faz algum sentido vender por alguns "trocos"? - seria o mesmo que dar a galinha dos ovos de ouro ao vizinho!
O meu já foi feito há alguns anos, via http://www.cnpd.pt/bin/legal/forms.htm...

Na altura ainda não havia "formulário eletrónico", mas apenas um PDF para imprimir e enviar por CTT ou digitalizado.
O processo foi relativamente fácil e simples... o problema é que já se passaram vários anos e o meu registo ainda não aparece no registo público (http://www.cnpd.pt/bin/registo/registo.htm) - mas isso é funcionalismo público no seu melhor.

No entanto, o que é importante é ficar com um número de registo: cerca de 3 ou 4 semanas depois de enviar os documentos telefonei para lá e deram-me o número de processo. E é isso é que conta.


Obrigado pela resposta. Experimentei o formulário e vou ter que pagar 75€ à CNPD. Obtive também um código xx.xxx.xx para confirmar o pagamento. Espero que seja o código do processo :s.

Pensava que era preciso enviar um Excel com os emails ou algo assim trabalhoso. Estava profundamente enganado.

Sempre tive medo das ilegalidades mas estou ansioso para experimentar. Podes partilhar a tua taxa de aceitação na dupla-confirmação?

Sei que já existe um tópico dedicado ao email marketing mas este assunto não é muito debatido no +T havendo poucos recursos.

Envias os emails em HTML com imagens? O que gera mais conversões é Texto ou HTML?

Envias os emails do mesmo IP do site ou usas outro alojamento?

Obrigado!
Obrigado pela resposta. Experimentei o formulário e vou ter que pagar 75€ à CNPD. Obtive também um código xx.xxx.xx para confirmar o pagamento. Espero que seja o código do processo :s.

Pensava que era preciso enviar um Excel com os emails ou algo assim trabalhoso. Estava profundamente enganado.

Sempre tive medo das ilegalidades mas estou ansioso para experimentar. Podes partilhar a tua taxa de aceitação na dupla-confirmação?

Sei que já existe um tópico dedicado ao email marketing mas este assunto não é muito debatido no +T havendo poucos recursos.

Envias os emails em HTML com imagens? O que gera mais conversões é Texto ou HTML?

Envias os emails do mesmo IP do site ou usas outro alojamento?

Obrigado!

Malvada inflação! Eu paguei 50 EUR.
Quanto ao código, não te sei dizer se esse é o válido... na altura só o soube porque telefonei para lá a protestar que não tinha resposta ao registo e deram-me o código por telefone. O meu código é do tipo  xxxxx/yyyy (yyyy = ano do registo).

Mas como a explicação que me deram para eu não aparecer no registo público é "porque estão a fazer profunda alterações ao sistema"... o melhor é esclareceres as dúvdias todas com eles (o apoio telefónico, esse sim, funcionava bem!).

Quanto às tuas questões, eu não faço versões texto dos emails: é tudo HTML (as imagens ficam no servidor, não vão em attach).

Envio os emails do meu servidor: todos os links, imagens, etc. estão no mesmo domínio que envia o email (mesmo os links para o destino final, são redirects no meu servidor... também para conseguir o tracking). Para os destinatários isto é uma prova de confiança (por oposição a imagens no servidor A, links para o servidor B, mensagem com origem no servidor C).

Mas é desnecessário dizer, deves proteger a reputação desse IP e dos domínios nele alojados como se fosse de ouro... (a propósito disto, convém teres um servidor dedicado, para não haver outros sites que te estraguem a reputação do IP).

Inscreve-te no "Junk Mail Report Program" e no "Smart Network Data Services" (https://postmaster.live.com/snds/index.aspx) da Microsoft (lê as FAQ). Ajuda-te a controlar muito o nível de reporte de SPAM nas contas Microsoft.

E sobretudo:
  • manda só para emails que sabes que foram obtidos por registos nos teus sites, com duplo opt-in.
  • respeita à risca os opt-outs que os teus users fizerem
  • controla e elimina os bounces - sobretudo os hard-bounces (contas que não existem)
  • faz tracking rigoroso q.b. das taxas de abertura... se já enviaste 20 ou 30 mails para aquela conta e nunca foram abertos, se calhar é melhor deixar de enviar para lá...