← Marketing

Quanto cobrar por um serviço de web e e-mail marketing

Lida 5340 vezes

Offline

nadia 
Membro
Mensagens 1 Gostos 0
Troféus totais: 14
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Level 3 Level 2 Level 1 First Post Karma Sixth year Anniversary Fifth year Anniversary

Olá a todos.

Não sei se este será o sítio certo para colocar esta questão, mas eu estou a prestar serviços de e-mail marketing e web marketing e preciso de estabelecer preços. Como sou recém-licenciada não tenho ainda plena noção dos custos deste tipo de serviços.

No âmbito do e-mail marketing o que tenho de fazer é criar campanhas, fazer o design de newsletters quinzenais, enviar a newsletter, angariar contactos para uma base de dados segmentada.

No âmbito do web marketing trata-se mais propriamente da optimização nas redes sociais, produção de conteúdos e gestão das mesmas.

Será que alguém me pode dar umas luzes?

Thanks!
Offline

zelv 
Membro
Mensagens 46 Gostos 0
Troféus totais: 22
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Level 4 Level 3 Level 2 Level 1 10 Posts First Post Signature

eu acho que deves estabelecer um valor (x por hora) para o teu trabalho e para aquilo que ofereces à empresa em termos de know how e até criativos. a partir daí já tens um valor para te orientares. se o serviço é avençado e te oferece alguma estabilidade sugiro que às horas x o teu valor à hora retires uma pequena percentagem
Offline

hpascoal 
Membro
Mensagens 41 Gostos 0
Troféus totais: 21
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Level 4 Level 3 Level 2 Level 1 10 Posts First Post Karma

Se vais apenas executar: fazer um site, desenhar uma newsletter, etc, penso que deves cobrar pelo trabalho. Se também envolve consultoria (deliniar estratégia), gestão, etc, isso também deve ser cobrado.

Preços?? Bem, relativamente a preços sugiro que faças uma "pequena prospecção na vizinhança"...

Em relação a email marketing até te posso recomendar a E-goi (http://www.e-goi.com). Já tens a ferramenta. Agora é pôr "mãos à obra"!