←  E-commerce

Importação em empresa registada

Lida 1045 vezes

Offline

pegi 
Membro
Mensagens 4 Gostos 0
Troféus totais: 3
Trófeus: (Ver todos)
Topic Starter Level 1 First Post

Ora boas tardes malta.

Vim parar a este forum depois de pesquisar algumas coisas sobre dropshippping. Já o faço á uns anos valentes, mas visto que as grandes promoções e itens estão para os lados da China, nunca achei que desse realmente para levar as coisas a sério.

No entanto, ao ler alguns dos posts por aqui feitos, deparei-me com uma questão; será possível um qualquer de nós, abrir uma empresa, com o objectivo de importar material da China e depois revender aqui por Portugal? A resposta claramente parece-me sim correcto? Então e criando a empresa, será que perante a lei Portuguesa temos alguma vantagem em termos alfandegários? Em que seja a cortar tempo de espera ( Já que o material vindo da China demora em normal 25-30 dias ) Mas se fosse em Empresa talvez o processo possa acelerar.

Já agora estou a falar em material não contrafeito, não são jerseys do benfica compradas a 10€, isso nunca dá para ser um sistema legal visto que estamos a comercializar contrafeitos.

Uma outra questão um tanto ou quanto off-topic; na Europa não existem grandes warehouses como os que conhecemos na China, logo não consigo fazer dropshipping em Portugal tal qual imensos americanos fazem para o Ebay e Amazon ou estou enganado?

Obrigado pelo tempo disposto amigos e passem bem.

Cumps   
Offline

Diogo Pinto 
Administrador
Mensagens 4379 Gostos 349
Feedback +4

Troféus totais: 35
Trófeus: (Ver todos)
Level 6 Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes Poll Voter Poll Starter

Olá pegi,

Bem vindo! Espero poder ajudar alguma coisa nesta resposta, se puder ajudar de alguma outra forma diz-me.

Nota introdutória: Estas informações são a minha experiência, recomendo que caso queiras escalar uma operação de dropshipping consultes um advogado especialista em direito internacional para te ajudar a ter todas as situações prevenidas.



1. Sim, podes abrir essa empresa de importação e venda a retalho (ou venda a grosso). O processo é simples, pode ser feito na hora penso eu. Mas existem aqui imensas componentes legais inerentes à importação que são bastante complexas.

2. Não existe qualquer vantagem no desalfandegamento. Pelo menos nenhuma vantagem imediata. Se queres optimizar o desalfandegamento tens de falar com uma empresa de importação e aos poucos ires ganhando esse know-how. Existem rotas optimizadas e processos por causa do pagamento de impostos e tempo de desalfandegamento (desalfandegar em determinados sítios, e transportar via terrestre, etc) mas os impostos vão ser todos pagos na mesma.

3. A vantagem mais óbvia é o facto de teres uma empresa nas importações na UE não pagares o IVA nas importações. Pagas sempre o IVA na venda claro.

4. A importação de determinados bem obriga a pagares licenças e cumprires determinados requisitos. Por exemplo, importação de brinquedos, qualquer produto eletrónico, cosmética, etc, obrigam a licenças próprias para a sua importação.

5. Cuidado com a responsabilidade do importador. Imagina que importas chupetas e um bebé morre asfixiado com o material. Ou que o material é tóxico. De quem é a responsabilidade? É do importador, porque os pais não vão culpar a fábrica à china.

6. Material contrafeito nem pensar. Vais parar a tribunal num instante se encomendas um contentor de material contrafeito. Acho que percebeste isto :)

7. Existe muita coisa, mas o sistema de dropshipping não está preparado. É tudo uma questão de falar diretamente com os importadores e criar rotinas de dropshipping diretamente. Tens de garantir volumes para lhes compensar a dor de cabeça, mas muitos importadores fariam isso para ti.



<> VEREDICTO <>

Importar - sim ou não?

Queres ganhar mais dinheiro? Então sim, importa.
Não queres mais responsabilidades? Então não, não importes.



Espero ter ajudado em alguma coisa. :) Bom trabalho!
Offline

pegi 
Membro
Mensagens 4 Gostos 0
Troféus totais: 3
Trófeus: (Ver todos)
Topic Starter Level 1 First Post

Boas Diogo, uma grande obrigado pelo tua resposta caro amigo !!  :obrigado: :obrigado:

Então em suma, pode-se fazer tudo o que estava a pensar mas não existe incentivo correcto?

Já agora, tens alguma informação onde eu me possa esclarecer todos custos / taxas totais que tenho de pagar depois da importação?

Por exemplo se comprar teclados, tenho de pagar taxas extras para alem do IVA e alfandega?

Cumprimentos caro amigo!
Offline

Diogo Pinto 
Administrador
Mensagens 4379 Gostos 349
Feedback +4

Troféus totais: 35
Trófeus: (Ver todos)
Level 6 Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes Poll Voter Poll Starter

Boas Diogo, uma grande obrigado pelo tua resposta caro amigo !!  :obrigado: :obrigado:

Então em suma, pode-se fazer tudo o que estava a pensar mas não existe incentivo correcto?

Já agora, tens alguma informação onde eu me possa esclarecer todos custos / taxas totais que tenho de pagar depois da importação?

Por exemplo se comprar teclados, tenho de pagar taxas extras para alem do IVA e alfandega?

Cumprimentos caro amigo!

Não tens de agradecer pegi, estamos cá para isto, nos ajudar mutuamente nos limites do nosso conhecimento! Fico feliz por ajudar :)

Relativamente às novas questões, e mais alguma informação que pode ser interessante para ti.



1. Os custos/taxas totais são muito variáveis, mas deixo aqui alguns exemplos dos custos que vais ter no processo:

Custos gerais

  • Amostras (opcional) - Pedir uma amostra do produto - geralmente paga por PayPal
  • Moldes - Caso faças um produto à medida, com uma cor própria, com o teu logo
  • Packaging - Caso precises de embalar o teu produto de forma a ter o que a lei exige (certificação CE, ingredientes, informações de manuseamento, etc)
  • Holding company (opcional) - Pode ajudar-te no processo, no país de origem

Custos transporte

Nota: estuda o que são os INCOTERMS

Via marítima:

  • Geralmente os custos são FOB - quer dizer que tens todos os custos do processo desde que a mercadoria sai do país de origem
  • São eles: armazenamento na alfândega, transporte ao teu armazém, eventuais despachantes e os óbvios impostos e taxas aduaneiras (muito variáveis)

Via aérea:

  • O processo é mais fácil, mas mais caro
  • Pagas taxas aduaneiras, portes de envio e os óbvios impostos

Como escolher a melhor forma de importar

Tem tudo a ver com o volume da compra e o peso específico/volumétrico do produto. Se tiver um baixo peso volumétrico via aérea é mais rápido. Se tiver um elevado peso volumétrico via aérea é muito caro. E também depende claro das tuas necessidades no que respeito ao tempo.

Exemplos de elevado peso específico/volumétrico, cujo transporte não pode ser muito optimizado:

  • Algodão, tecidos, papel, calçado, etc

Baixo peso volumétrico:

  • Telemóveis

Como podes calcular o custo de uma importação

Falar diretamente com a DHL e pedir cotação de um transporte de determinados produtos (indica o volume, peso, etc) e quantidades. Dá para teres uma noção.

Como reduzir custos de importação

Grupagem de mercadoria. Estuda este conceito. Precisas de uma holding na china que te faça este processo ou pelo menos que te ajude no terreno.

Os chineses são pessoas em que geralmente podes confiar, no que diz respeito a conduta profissional, desde que lhes pagues bem. É isto que a experiência me diz.



Tudo isto vem de experiências e conversas que tenho com outras pessoas, não sou especialista em trading internacional, embora tenha algum conhecimento na área.
Offline

pegi 
Membro
Mensagens 4 Gostos 0
Troféus totais: 3
Trófeus: (Ver todos)
Topic Starter Level 1 First Post

Já agora Diogo, não em sabes responder se agora pagamos taxas se produtos vierem do UK ( visto que já está fora da Zona )

Mais uma vez cumps amigo
Offline

Diogo Pinto 
Administrador
Mensagens 4379 Gostos 349
Feedback +4

Troféus totais: 35
Trófeus: (Ver todos)
Level 6 Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes Poll Voter Poll Starter

Já agora Diogo, não em sabes responder se agora pagamos taxas se produtos vierem do UK ( visto que já está fora da Zona )

Mais uma vez cumps amigo

https://pt.wikipedia.org/wiki/Espa%C3%A7o_Econ%C3%B3mico_Europeu#Os_membros

Podes ver aqui a lista dos membros do EEE ;)
Offline

pegi 
Membro
Mensagens 4 Gostos 0
Troféus totais: 3
Trófeus: (Ver todos)
Topic Starter Level 1 First Post

Já agora Diogo, será que conheces algum livro de trading internacional , importações que me dizer? Onde tenho as informações para eu assim ter uma ideia?

Cumps