← Conversa Geral

O VERDADEIRO Offtopic 3

Lida 4301428 vezes

Offline

spec 
Elite
Mensagens 989 Gostos 1
Feedback +2

Troféus totais: 28
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

Matemática é um pesadelo... já fiz 4 cadeiras de matemática e ainda me faltam 2, as de programação estão todas feitas...


É duro ter de levar com Integrais e Séries de Sucessões
Offline

ricardor 
Membro
Mensagens 224 Gostos 0
Troféus totais: 28
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

spec que licenciatura estas a tirar? e onde?
Offline

asturmas 
Administrador
Mensagens 19734 Gostos 49
Feedback +2

Troféus totais: 39
Trófeus: (Ver todos)
Mobile User Windows User Super Combination Combination Topic Starter 100 Poll Votes 50 Poll Votes 10 Poll Votes Poll Voter Poll Starter

É melhor seguir-se um curso de Ciências e ter uma maior probabilidade de se entrar na faculdade e vir a ser um bom engenheiro informático, do que seguir um profissional e mais tarde não entrares na faculdade e ficares a trabalhar na mediamarket ou na chip7 a ganhar 600€/mês para a vida.
Isso não é 100% verdade e até te podia dar exemplos concretos de uma pessoa do forum... o marsu deixou a faculdade e não é por isso que trabalha na chip7
Offline

Diogo Pinto 
Administrador
Mensagens 4400 Gostos 371
Feedback +4

Troféus totais: 37
Trófeus: (Ver todos)
Avatar Search Level 6 Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes

Isso não é 100% verdade e até te podia dar exemplos concretos de uma pessoa do forum... o marsu deixou a faculdade e não é por isso que trabalha na chip7

É evidente que falei num caso hipotético, mas verdade seja dita, 10%, se muito, das pessoas que saem dos cursos têm a sorte de arranjar um bom emprego e/ou ganhar bem. ;) Falo de pessoas que optam por ficar em Portugal.
Offline

asturmas 
Administrador
Mensagens 19734 Gostos 49
Feedback +2

Troféus totais: 39
Trófeus: (Ver todos)
Mobile User Windows User Super Combination Combination Topic Starter 100 Poll Votes 50 Poll Votes 10 Poll Votes Poll Voter Poll Starter

É evidente que falei num caso hipotético, mas verdade seja dita, 10%, se muito, das pessoas que saem dos cursos têm a sorte de arranjar um bom emprego e/ou ganhar bem. ;) Falo de pessoas que optam por ficar em Portugal.
A faculdade é muito teorica e muitos engenheiros não sabem nada na pratica..
A minha escola tinha la um estagiario recem licenciado em Eng Informatica e nem 1 cabo de rede sabia cravar..
Offline

pedrovsky 
Membro
Mensagens 412 Gostos 0
Troféus totais: 24
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 4 Level 3 Level 2 Level 1 100 Posts

É para isso que os eng. servem, para mandarem os técnicos fazer  :superlol:

Offline

Diogo Pinto 
Administrador
Mensagens 4400 Gostos 371
Feedback +4

Troféus totais: 37
Trófeus: (Ver todos)
Avatar Search Level 6 Linux User Mobile User Super Combination Combination Topic Starter 50 Poll Votes 10 Poll Votes

A faculdade é muito teorica e muitos engenheiros não sabem nada na pratica..
A minha escola tinha la um estagiario recem licenciado em Eng Informatica e nem 1 cabo de rede sabia cravar..

Mas esse Eng. Informático sabia as competências obrigatórios para a conclusão da licensiatura? Se sabia é porque não era totalmente incompetente! Que eu saiba, um Eng Informático não tem nada que "cravar 1 cabo de rede". Sabe, melhor, não sabe, sabe outras coisas que tu não sabes!
Offline

ricardor 
Membro
Mensagens 224 Gostos 0
Troféus totais: 28
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

É para isso que os eng. servem, para mandarem os técnicos fazer  :superlol:



nem mais! :P lolol
Offline

asturmas 
Administrador
Mensagens 19734 Gostos 49
Feedback +2

Troféus totais: 39
Trófeus: (Ver todos)
Mobile User Windows User Super Combination Combination Topic Starter 100 Poll Votes 50 Poll Votes 10 Poll Votes Poll Voter Poll Starter

É para isso que os eng. servem, para mandarem os técnicos fazer  :superlol:


Pois só se for mesmo para isso

DiguiVirus cravar um cabo de rede é o minimo quase na informatica... mas ok temos pontos de vista muito diferentes.
Offline

ricardor 
Membro
Mensagens 224 Gostos 0
Troféus totais: 28
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

Isso de não saber cravar um cabo de rede.. deve ter tirado o curso na uni. independente..
Offline

marsupillami 
Equipa
Mensagens 850 Gostos 4
Feedback +1

Troféus totais: 28
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2 Level 1 500 Posts

Isso não é 100% verdade e até te podia dar exemplos concretos de uma pessoa do forum... o marsu deixou a faculdade e não é por isso que trabalha na chip7

Para que conste, eu ainda continuo inscrito na faculdade, conclui cerca de um ano e meio da antiga licenciatura, mas depois por razões de trabalho acabei por deixar. De qualquer das formas, não desisti de tirar uma licenciatura, por um simples facto. Acho essencial ter-se uma licenciatura nos dias que correm. Acredito que neste ou no próximo ano possa retomar.

Com a nova política das novas oportunidades, o 12º vai ser vulgarizado. Os trabalhos são cada vez menos seguros, e provavelmente na nossa geração, em média cada individuo passará por uns 5 ou 6 trabalhos diferentes. A licenciatura garante-te sempre mais qualquer coisa. E sim, aprende-se qualquer coisa.

Em Portugal, dá-se muita importância ao factor "canudo". Não tanto pelos conhecimentos, mas pelo factor "Doutor" ou "Engenheiro".

O que recomendo nesta àrea, é um curso numa faculdade com pouca tradição pois abstraem-se mais de temas que actualmente estão desactualizados (linguagens não orientadas à web por exemplo). Para quem é do Norte, sem dúvida Aveiro e Minho, pelo simples facto de estarem mais orientadas para o "tecnológico" e para as tecnologias do futuro. No Centro não conheço.

No 9º Ano enveredar pelo tecnológico, é a melhor opção para quem tem certo que quer seguir Engenharia Informática. Entram muito bem preparados para a faculdade.

PS: Um Engenheiro Informático aprende a arquitectura de software. Poderá não aprender como cravar cabos (embora por um mero acaso o tenha dado numa cadeira), nem a montar computadores, porque isso não está geralmente nos temas abordados na faculdade, mas saberá desenvolver software complexo, "from scratch" e de uma forma bastante coerente. O que vejo acontecer nas faculdades mais antigas (mas com nome, tipo FEUP e ISEP), é o facto do programa não ter mais horas de linguagens e desenvolvimento de software orientado à web, quando tudo indica que assim será de futuro.

PS2: Começam a  surgir licenciaturas muito interessantes em algumas faculdades privadas. Exemplo disso são alguns cursos que por exemplo há aqui no ISMAI, para administração de redes e tecnologias de informação e multimédia. Garantem a especialização em temas mais alternativos, não abrangidos pela "Engenharia Informática".

EDIT: Dão tanta importância a cravar cabos de rede, mas se formos a ver bem isso nem tem nada a ver com Enggenharia Informática. Tem a mesma gravidade de não saber montar uma tomada na parede ou um candeeiro no tecto. É algo puramente ligado a biscates eléctricos.

EDIT2: A maioria das pessoas que não têm uma licenciatura e fazem uns programas em PHP´s e afins, nem sabem como conceber um diagrama para a algoritmia (e provavelmente consideram não ter utilidade nenhuma).
Offline

Gonçalo Martins 
Membro
Mensagens 229 Gostos 0
Troféus totais: 26
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

Mas esse Eng. Informático sabia as competências obrigatórios para a conclusão da licensiatura? Se sabia é porque não era totalmente incompetente! Que eu saiba, um Eng Informático não tem nada que "cravar 1 cabo de rede". Sabe, melhor, não sabe, sabe outras coisas que tu não sabes!

Os engenheiros informáticos têm que saber cravar cabos de rede... pelo menos em coimbra tinham.. alias tinham/têm duas cadeiras sobre redes informáticas! E tantas outras que abordam o assunto "redes" indirectamente.

Mas tambem te sou sincero não é algo que ainda me esteja na cabeça, embora trivial  :) não dá para reter tudo.
Offline

asturmas 
Administrador
Mensagens 19734 Gostos 49
Feedback +2

Troféus totais: 39
Trófeus: (Ver todos)
Mobile User Windows User Super Combination Combination Topic Starter 100 Poll Votes 50 Poll Votes 10 Poll Votes Poll Voter Poll Starter

Para que conste, eu ainda continuo inscrito na faculdade, conclui cerca de um ano e meio da antiga licenciatura, mas depois por razões de trabalho acabei por deixar. De qualquer das formas, não desisti de tirar uma licenciatura, por um simples facto. Acho essencial ter-se uma licenciatura nos dias que correm. Acredito que neste ou no próximo ano possa retomar.

Com a nova política das novas oportunidades, o 12º vai ser vulgarizado. Os trabalhos são cada vez menos seguros, e provavelmente na nossa geração, em média cada individuo passará por uns 5 ou 6 trabalhos diferentes. A licenciatura garante-te sempre mais qualquer coisa. E sim, aprende-se qualquer coisa.

Em Portugal, dá-se muita importância ao factor "canudo". Não tanto pelos conhecimentos, mas pelo factor "Doutor" ou "Engenheiro".

O que recomendo nesta àrea, é um curso numa faculdade com pouca tradição pois abstraem-se mais de temas que actualmente estão desactualizados (linguagens não orientadas à web por exemplo). Para quem é do Norte, sem dúvida Aveiro e Minho, pelo simples facto de estarem mais orientadas para o "tecnológico" e para as tecnologias do futuro. No Centro não conheço.

No 9º Ano enveredar pelo tecnológico, é a melhor opção para quem tem certo que quer seguir Engenharia Informática. Entram muito bem preparados para a faculdade.

PS: Um Engenheiro Informático aprende a arquitectura de software. Poderá não aprender como cravar cabos (embora por um mero acaso o tenha dado numa cadeira), nem a montar computadores, porque isso não está geralmente nos temas abordados na faculdade, mas saberá desenvolver software complexo, "from scratch" e de uma forma bastante coerente. O que vejo acontecer nas faculdades mais antigas (mas com nome, tipo FEUP e ISEP), é o facto do programa não ter mais horas de linguagens e desenvolvimento de software orientado à web, quando tudo indica que assim será de futuro.

PS2: Começam a  surgir licenciaturas muito interessantes em algumas faculdades privadas. Exemplo disso são alguns cursos que por exemplo há aqui no ISMAI, para administração de redes e tecnologias de informação e multimédia. Garantem a especialização em temas mais alternativos, não abrangidos pela "Engenharia Informática".
Ok okok desculpa pela falha nesse caso.
Se um engenheiro informatico não tem de saber cravar cabos isso significa que não esta preparado para as actividades do dia a dia.. apenas isso.
Offline

ricardor 
Membro
Mensagens 224 Gostos 0
Troféus totais: 28
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

asturmas à bons e maus engenheiros, como tudo na vida..
Offline

Gonçalo Martins 
Membro
Mensagens 229 Gostos 0
Troféus totais: 26
Trófeus: (Ver todos)
Super Combination Combination Topic Starter 10 Poll Votes Poll Voter Level 5 Level 4 Level 3 Level 2 Level 1

Ok okok desculpa pela falha nesse caso.
Se um engenheiro informatico não tem de saber cravar cabos isso significa que não esta preparado para as actividades do dia a dia.. apenas isso.

isso é generalizar... Todos os engenheiros mecanicos sabem reparar um carro? Não...poucos o sabem

Existem engenheiros informaticos que nunca na vida irão ter que trabalhar com redes... Existem tantos ramos da informatica...